- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques UNITA critica Bairro dos Ministérios: "Presidente gasta dinheiro à toa"

UNITA critica Bairro dos Ministérios: “Presidente gasta dinheiro à toa”

DW África

O maior partido da oposição em Angola, a UNITA, junta-se às críticas da sociedade civil e diz que a construção do “Bairro dos Ministérios”, na baixa de Luanda, não devia ser prioridade do Governo.

Raul Danda, vice-presidente da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), questiona a necessidade de construir o chamado “Bairro dos Ministérios”, com 28 edifícios ministeriais e várias unidades de apoio, quando há muitos problemas no país que precisam de ser resolvidos com urgência.

O dirigente acusa o Governo do Presidente João Lourenço de não saber estabelecer prioridades: “Afinal, o que não há é dinheiro ou sensibilidade? Parece que, de ensaio em ensaio, o Presidente João Lourenço vai mesmo gastando o nosso dinheiro muito à toa.”

Governo prevê poupança

O Centro Político Administrativo de Luanda deverá ser erguido em três anos, numa parceria público-privada. Até agora, não foram revelados os custos do projecto.

Na semana passada, o Governo explicou que uma das vantagens do novo “Bairro dos Ministérios” é que o Estado vai deixar de gastar elevados recursos financeiros no arrendamento de imóveis, e todos os departamentos ministeriais estarão concentrados num local, a zona da Chicala. E, para além de instituições públicas, também haverá zonas comerciais e de lazer para os cidadãos de Luanda.

Ainda assim, Raul Danda, que é o primeiro-ministro do chamado “Governo Sombra” da UNITA, pensa que se devia apostar mais no sector social: “Quando falta dinheiro para comida, para medicamentos, para escola, para a água e a luz, para o saneamento básico, para as vias de comunicação, a prioridade para o Presidente João Lourenço é mesmo um ‘Bairro dos Ministérios’?”

UNITA propõe travar férias dos deputados

Muitos destes problemas básicos poderiam ser resolvidos com a institucionalização das autarquias locais previstas para o próximo ano, comentam vários observadores. Mas o pacote legislativo autárquico ainda não foi aprovado.

O ano legislativo do Parlamento angolano encerra já no dia 15 de Agosto. Por isso, numa conferência de imprensa, esta quarta-feira (31.08), Raul Danda diz ter feito vários pedidos ao chefe de Estado angolano e ao presidente do Parlamento, incluindo para cancelar as férias dos deputados até que se chegue a uma decisão sobre as autarquias.

“Um dos pedidos que o nosso grupo parlamentar fez ao presidente da Assembleia Nacional é que não haja férias dos deputados enquanto essa situação se resolva, não faz sentido”, afirmou o vice-presidente da UNITA. “Esse assunto é muito importante”.

Raul Danda teme que, se o pacote autárquico não for discutido a tempo, possa haver um adiamento das eleições locais previstas para 2020.

- Publicidade -
- Publicidade -

Países Baixos vão abrir ação judicial contra Rússia em relação à queda do MH17

A notícia surge após o Ministério Público holandês concordar em adiar as audiências de Setembro a Outubro deste ano para Fevereiro e Março de...
- Publicidade -

Cerca de 700 familiares de membros do grupo Estado Islâmico faleceram em campos na Síria

Em conferência de imprensa esta quinta-feira, Vladimir Vorontsov, chefe da luta antiterrorismo na ONU alertou que pelo menos 700 pessoas, essencialmente mulheres e crianças,...

Detido idoso por violar sexualmente menor de sete anos

Um idoso de 61 anos de idade foi detido, esta semana, nos arredores da cidade do Huambo, depois de violar sexualmente uma menor de...

João Lourenço aproveita revisão do OGE 2020 para reforçar áreas sociais… e a Presidência

O Ministério da Justiça é um dos órgãos que vê a sua dotação financeira reforçada na revisão do Orçamento Geral de Estado (OGE), mas...

Notícias relacionadas

Países Baixos vão abrir ação judicial contra Rússia em relação à queda do MH17

A notícia surge após o Ministério Público holandês concordar em adiar as audiências de Setembro a Outubro deste ano para Fevereiro e Março de...

Cerca de 700 familiares de membros do grupo Estado Islâmico faleceram em campos na Síria

Em conferência de imprensa esta quinta-feira, Vladimir Vorontsov, chefe da luta antiterrorismo na ONU alertou que pelo menos 700 pessoas, essencialmente mulheres e crianças,...

Detido idoso por violar sexualmente menor de sete anos

Um idoso de 61 anos de idade foi detido, esta semana, nos arredores da cidade do Huambo, depois de violar sexualmente uma menor de...

João Lourenço aproveita revisão do OGE 2020 para reforçar áreas sociais… e a Presidência

O Ministério da Justiça é um dos órgãos que vê a sua dotação financeira reforçada na revisão do Orçamento Geral de Estado (OGE), mas...

Comissário Alexandre Canelas assume lista de consenso à presidência do Interclube

Depois de terem inicialmente assumido as candidaturas individuais nas eleições do Interclube, Alexandre Canelas e António Camulogi decidiram juntar os seus programas, com a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.