- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques 'Quem está ao lado de Israel está contra nós', Erdogan

‘Quem está ao lado de Israel está contra nós’, Erdogan

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, condenou Israel e os seus aliados por permitirem um “estado de terror na Palestina”, declarando: “Quem está do lado de Israel, saiba que estamos contra eles”.

“Não aprovamos o silêncio sobre o estado de terror que Israel realiza descaradamente na Palestina”, declarou Erdogan, dirigindo-se a altos funcionários provinciais de seu Partido da Justiça e Desenvolvimento em Ancara, segundo a Iranian PressTV.

Erdogan tem sido um feroz crítico do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu e do seu governo, denunciando o premiê, que responde em múltiplas investigações de corrupção e suborno.

Quando Israel adoptou a polémica lei “Estado judeu”, Erdogan comparou a mudança ao “espírito de Hitler ressurgiu entre algumas autoridades israelitas”.

No entanto, os seus últimos comentários também podem ser interpretados como uma alfinetada em Washington, depois que os EUA “suspenderam” a Turquia do programa F-35, condenando a compra de sistemas de mísseis russos S-400 como uma traição aos interesses de segurança da OTAN.

Enquanto a administração Trump deixou claro que Ancara pode voltar ao programa se abandonar o equipamento russo, Erdogan insinuou que estava preparado para distanciar a Turquia do mercado de armas americano, publicamente ponderando o cancelamento de uma compra avançada de 100 “aeronaves da Boeing”.

Forças militares israelitas mataram 56 crianças palestinianas e feriram perto de 2.700 “no contexto de manifestações, confrontos e operações de busca e apreensão” em 2018, de acordo com um relatório da ONU divulgado na sexta-feira, o qual confirma muitas outras missões de investigação do órgão. O número de crianças mortas foi o maior desde 2014, quando Israel travou a sua mais recente guerra unilateral contra Gaza.

- Publicidade -
- Publicidade -

Atlantic Ventures desmente Estado angolano e garante: “Tribunal Arbitral de Paris apenas não tinha competência para julgar o caso”

Em resposta ao comunicado emitido pelo Ministro dos Transportes de Angola, Viegas de Abreu, segundo o qual a empresa Atlantic Ventures teria sido condenada...
- Publicidade -

Com mais de 20 mil novos casos, Brasil se aproxima das 2 milhões de infecções pela COVID-19

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil aumentou em 20.286 nas últimas 24 horas, elevando o total acumulado a mais de...

Detido antigo director do gabinete do governador do Cuanza Sul

O antigo director do gabinete do governador da província do Cuanza Sul, Gildo Ferreira, foi detido segunda-feira (13) pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC). O...

Comité especial da OPEP+ prepara redução de cortes na produção de Petróleo

A produção de petróleo da OPEP+, organização que junta os Países Exportadores (OPEP) e um grupo de outros 10 produtores liderados pela Rússia, vai...

Notícias relacionadas

Atlantic Ventures desmente Estado angolano e garante: “Tribunal Arbitral de Paris apenas não tinha competência para julgar o caso”

Em resposta ao comunicado emitido pelo Ministro dos Transportes de Angola, Viegas de Abreu, segundo o qual a empresa Atlantic Ventures teria sido condenada...

Com mais de 20 mil novos casos, Brasil se aproxima das 2 milhões de infecções pela COVID-19

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil aumentou em 20.286 nas últimas 24 horas, elevando o total acumulado a mais de...

Detido antigo director do gabinete do governador do Cuanza Sul

O antigo director do gabinete do governador da província do Cuanza Sul, Gildo Ferreira, foi detido segunda-feira (13) pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC). O...

Comité especial da OPEP+ prepara redução de cortes na produção de Petróleo

A produção de petróleo da OPEP+, organização que junta os Países Exportadores (OPEP) e um grupo de outros 10 produtores liderados pela Rússia, vai...

Banco Mundial vai ajudar Guiné-Bissau a diminuir dívida pública

Bissau quer diminuir a dívida pública para assinar um novo programa de assistência com o FMI. Impacto económico da pandemia será "muito negativo" porque...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.