InicioDestaquesSenado dos EUA fracassa em bloquear vendas de armas à Arábia Saudita

Senado dos EUA fracassa em bloquear vendas de armas à Arábia Saudita

O Senado dos EUA não conseguiu ultrapassar o veto de Donald Trump e Washington continuará a vender armas para a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e outros países.

Segundo a Sputnik, o Senado dos EUA não conseguiu reunir os 67 votos necessários para substituir os vetos de Trump em três resoluções que bloqueiam as vendas de armas dos EUA.

Na semana passada, Trump vetou algumas resoluções aprovadas com votos do Partido Democrata e Republicano que bloqueavam a venda de armas para a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e outros países da Europa devido a preocupações de que os armamentos estavam a ser usadas para matar civis no Iémen.

Trump disse ao Senado que vetou as resoluções porque restringir a capacidade dos parceiros dos EUA de produzir e comprar munições guiadas com precisão “provavelmente prolongaria o conflito no Iémen e aprofundaria o sofrimento que ele causa”.

Um relatório da ONU sobre direitos humanos divulgado no ano passado atribuiu a maioria das 16 mil mortes de civis no Iémen a ataques aéreos da coligação liderada pela Arábia Saudita contra alvos como hospitais, escolas e mercados ao ar livre. O relatório, no entanto, também disse que todas as partes no conflito são provavelmente responsáveis ​​por crimes de guerra.

A coligação liderada pela Arábia Saudita vem realizando ataques aéreos contra os houthis no Iémen a pedido do presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi desde 2015. O intenso combate resultou numa das crises humanitárias mais agudas do mundo, com cerca de 22 milhões de pessoas no Iémen a precisar de ajuda, de acordo com os números da ONU.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.