- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política MPLA Bengo: MPLA satisfeito com andamento dos projectos sociais

Bengo: MPLA satisfeito com andamento dos projectos sociais

O Coordenador do grupo de acompanhamento do secretariado do Bureau político do MPLA, Américo Cuononoca, manifestou, sábado, na cidade de Caxito, província do Bengo, a sua satisfação com o andamento das obras em curso na região.

O político, avança Angop, falava no final de uma visita de trabalho de quatro dias que efectuou à província do Bengo, onde constatou a execução das obras infra-estruturais, em curso nos municípios de Nambuangongo, Bula Atumba e Dande.

Depois de constatar “in loco”,considerou o trabalho “positivo”, frisando que apesar de algumas obras inspeccionadas registarem um ligeiro atraso para a sua conclusão, os empreiteiros garantem que até finais de Dezembro deste ano, vão tudo fazer, no sentido de entregarem os encargos.

O grupo de acompanhamento, mostrou-se ainda satisfeita, com o andamento das obras da construção do sistema de captação, tratamento e distribuição de água de Muxaluando, sede municipal de Nambuangongo, cujo empreiteiro já concluiu os trabalhos, faltando apenas de uma parte financeira .

Em Bula Atumba, a situação de água não se difere ao de Nambuangongo que tem igualmente um projecto, consubstanciado na cosntrução de um sistema de captação, tratamento e distribuição de água para mais de cinco mil famílias.

“O projecto está concluído, o empreiteiro já fez parte do seu trabalho, faltando apenas fazer o teste de distribuição e também educar as populações no sentido de fazerem contrato antes de água jorrar nas suas torneiras”, ressaltou.

No município do Dande, o grupo de acompanhamento do secretariado do Bureau político do MPLA inspeccionou as obras das infra-estruturas do Magistério primário, destinado a formação de professores que se encontram numa execução física de 85 por cento, mas paralisadas há cerca de três anos por dificuldades financeiras.

As futuras instalações da Escola do Magistério Primário contam com 22 salas de aulas e com capacidade para albergar mais de mil alunos, dispõe de 32 dormitórios para 256 estudantes em regime de internato, quatro laboratórios, uma biblioteca, enfermaria, sala de leitura, centro de informática e quadra desportiva multiuso.

Já o instituto superior politécnico de Caboxa, os trabalhos que terminam em finais de Dezembro deste ano, encontram-se com uma execução física na ordem de 70 por cento, enquanto financeira está na ordem de 100 por cento.

O estabelecimento que ocupa uma área de 14 mil metros quadrados tem a capacidade para albergar dois mil estudantes e conta com 34 salas de aulas, 10 laboratórios e 64 dormitórios.

O empreendimento de ensino superior vai albergar três áreas de saber, com destaque para engenharia, ciências de educação, ciências de enfermagem e num futuro breve as ciências agrárias.

Na localidade do Panguila, a reabilitação das vias urbanas e estruturantes abrange mais de nove mil e 75 metros, cujas obras que terminam entre Agosto e Setembro do corrente ano, estão envolvidas várias empresas com vista a garantir maior celeridade dos trabalhos.

Inserida no Programa de Investimentos Públicos (PIP), a empreitada iniciada em Junho e com término previsto para Agosto ou Setembro, visa interligar as vias estruturantes que dão acesso a todos os sectores do Panguila com a Estrada Nacional 100 (EN100), bem como facilitar a circulação dos automobilistas e transeuntes da circunscrição, principalmente na época chuvosa, assim como dar uma outra imagem a urbanidade.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.