InicioVidaSaúdeTrinta e seis crianças nascem livres de VIH no Moxico

Trinta e seis crianças nascem livres de VIH no Moxico

Trinta e seis crianças nasceram livres do VIH/Sida e uma infectada no período de Janeiro a Junho, na maternidade provincial do Moxico, entre as 270 mulheres que seguiram o Programa de Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), no âmbito da campanha Nascer Livre para Brilhar.

De acordo com Angop, segundo dados divulgados pelas ponto focal do Programa Provincial de VIH/Sida, Clotilde William, das 10 mil e 853 gestantes testadas no referido período, 461 tiveram resultados positivos.

No mesmo período, 319 gestantes aderiram ao tratamento anti-retroviral (TARV), enquanto 534 abandonaram o seguimento médico e medicamentoso.

A responsável lamentou o facto do número de grávidas que aderiu ao PTV não ter atingido 50 por cento da meta prevista no início da campanha “Nascer Livre para Brilhar”.

Administrativamente, o município do Moxico (sede), com 301 casos, lidera a lista, seguido dos Bundas, 66 e Alto Zambeze com 17 casos, indicou.

Clotilde William informou que, de Janeiro a Junho, as instituições sanitárias da província atenderam 27 mil e 380 gestantes em consultas pré-natais.

A campanha “Nascer Livre para Brilhar” foi lançada oficialmente, em Dezembro de 2018, pela primeira-dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço, com vista a eliminar a transmissão do vírus através do corte vertical para a redução da morte materno-infantil por VIH, até 2022 no país.

Em 2017, aproximadamente 21 mil mulheres grávidas foram registadas com VIH, de acordo com dados do Instituto Nacional de Luta contra a Sida, que indica a existência de mais 310 mil pessoas a viver com esta infecção no país.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.