InicioAngolaPolíticaComissão do Golfo da Guiné está sem dinheiro

Comissão do Golfo da Guiné está sem dinheiro

Segundo o JA, o secretário executivo adjunto da Comissão do Golfo da Guiné, Gilberto Veríssimo, apontou terça-feira, em Luanda, a necessidade de os Chefes de Estado e de Governo intercederem para a regularização no pagamento das quotas pelos Estados-membros.

Em declarações à imprensa, à margem do seminário sobre “Estratégia Marítima Integrada da Região do Golfo da Guiné”, Gilberto Veríssimo informou que, ao contrário de Angola, que foi o primeiro a liquidar a quota de 2019, a maior parte dos países não paga quota e, por conseguinte, não se saldam os salários, exemplificando que os dinheiros utilizados para a logística da realização do seminário serviriam para os ordenados.

Gilberto Veríssimo esclareceu que em 2007, quando foi criada a Comissão do Golfo da Guiné, Angola pagou a quota para todos os Estados-membros. Desde então, a organização passou a enfrentar sérios problemas devido a irregularidade nas contribuições.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.