- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Reinauguração do monumento Angola-Cuba reforça amizade

Reinauguração do monumento Angola-Cuba reforça amizade

Angop

A reinauguração do monumento Angola – Cuba, terça-feira no Luena (Moxico), reforça a amizade existente entre os dois povos, disse o representante local da Associação dos ex-estudantes angolanos em Cuba, “Los Caimaneros”, Benjamim José.

Falando no acto da reinauguração do memorial erguido em Novembro de 1988, em reconhecimento da amizade Angola – Cuba, enquadrado nas comemorações do dia 26 de Julho, o responsável afirmou que o povo angolano ficará eternamente grato aos heróicos combatentes cubanos.

Lembrou que os combatentes cubanos atravessaram tantas vezes o oceano atlântico, movidos apenas pelo desejo de defender os mais altos valores do ser humano.

Ressaltou que a República de Cuba é o país que tem contribuído para a qualificação dos quadros angolanos que hoje empenham-se no processo de desenvolvimento de Angola.

Na ocasião, o coordenador provincial da Brigada Cubana no Moxico, Wilfredo Ramirez Gutiérrez, sublinhou que “quem não guarda a história não tem direito a sonhar com o futuro”.

O também médico cubano reafirmou o compromisso de acompanhar o povo angolano e a história de Cuba, dignificando todos os mártires que deram o seu próprio sangue por um futuro melhor.

Antes de fazer o corte da fita, cujo privilégio coube ao administrador do município sede (Moxico), Valdemar Salomão, foi lido o poema do primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, intitulado “ Do Povo Buscamos a força”.

O 26 de Julho de 1953 marca a data em que um grupo de revolucionários cubanos assaltou o quartel de Moncada na província Cubana de Santiago, culminando com a proclamação da independência cubana, em 1959.

Para saudar a efeméride, os Caimaneros cumprem desde segunda – feira um vasto programa de actividades que compreende a realização de acções de doação de bens ao lar da terceira idade, campanha de rastreio médico, visitas ao município dos Lutchazes, à hidroeléctrica do Dala e um debate radiofónico sobre a vida de Fidel de Castro Rauz e o seu legado.

Actualmente 87 cidadãos cubanos, entre médicos e professores, laboram em regime de contrato na província do Moxico, prestando serviços nos sectores públicos de saúde e educação.

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais de 100 mortos em Beirute por explosão de nitrato de amónio

Uma primeira forte explosão na região portuária de Beirute ocorreu por volta das 18h00 (12h00 de Brasília) de terça-feira, seguida por um incêndio e...
- Publicidade -

China promete retaliar expulsão de jornalistas chineses dos EUA

A China prometeu hoje “retaliar” no caso de nova expulsão de jornalistas chineses pelos Estados Unidos, numa altura de escalada de tensões entre as...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha suspeito de corrupção, exílio ou fuga

Suspeito de corrupção pela Arábia Saudita, o rei emérito de Espanha Juan Carlos I, decidiu exilar-se na República Dominicana, onde já teria chegado, segundo...

Caravana da UNITA retida pela polícia na província do Bié, acusa Adalberto Costa Júnior

Uma delegação da UNITA que se deslocou à província do Bié para assinalar os 86 anos do nascimento de Jonas Savimbi foi impedida pela...

Notícias relacionadas

Mais de 100 mortos em Beirute por explosão de nitrato de amónio

Uma primeira forte explosão na região portuária de Beirute ocorreu por volta das 18h00 (12h00 de Brasília) de terça-feira, seguida por um incêndio e...

China promete retaliar expulsão de jornalistas chineses dos EUA

A China prometeu hoje “retaliar” no caso de nova expulsão de jornalistas chineses pelos Estados Unidos, numa altura de escalada de tensões entre as...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha suspeito de corrupção, exílio ou fuga

Suspeito de corrupção pela Arábia Saudita, o rei emérito de Espanha Juan Carlos I, decidiu exilar-se na República Dominicana, onde já teria chegado, segundo...

Caravana da UNITA retida pela polícia na província do Bié, acusa Adalberto Costa Júnior

Uma delegação da UNITA que se deslocou à província do Bié para assinalar os 86 anos do nascimento de Jonas Savimbi foi impedida pela...

Faleceu em Lisboa jornalista Edgar Cunha

O jornalista angolano Edgar Cunha morreu hoje, quarta-feira, 05, em Lisboa, Portugal, vítima de doença. Edgar Cunha foi um dos rostos do principal do serviço...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.