Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Grupos civis anunciam greves na Bolívia contra candidatura de Morales

(DR)

Organizações civis da Bolívia (Conade) convocaram nesta terça (23) uma greve nacional para 21 de Agosto e outra indefinida, a partir de 10 de Setembro, contra a candidatura do presidente Evo Morales ao quarto mandato nas eleições de Outubro, escreve a AFP.

“Estamos a pedir a renúncia do presidente porque é ilegal e inconstitucional, e a renúncia dos representantes da corte eleitoral”, que suspeitamos que são pró-governo, disse o ex-defensor do povo Rolando Villena, porta-voz da organização, nesta terça em La Paz.

O Conade (Comité de Defesa da Democracia), que reúne personalidades independentes e comités cívicos dos nove departamentos, tenta evitar a candidatura de Morales alegando que um referendo nacional lhe negou essa possibilidade em 2016.

No entanto, um ano depois o Tribunal Constitucional aprovou a sua participação nas eleições com o argumento de que se tratava de um direito humano.

O Conade e a oposição acusam também o Tribunal Eleitoral de estar controlado pelo governo.

A primeira greve contra a candidatura de Morales teve adesão parcial no último 9 de Julho na região de Santa Cruz de la Sierra, motor do desenvolvimento boliviano.

A três meses das eleições, a oposição ainda está dividida em oito candidaturas.

Segundo pesquisas desta segunda-feira, Morales lidera as intenções de voto com 37%, seguido pelo opositor Carlos Mesa com 26%.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »