InicioDestaquesCriança de 11 anos morta por mulher dedicada ao ocultismo no Belas

Criança de 11 anos morta por mulher dedicada ao ocultismo no Belas

Uma criança de 11 anos morreu, na terça-feira, depois de ter sido queimada por uma mulher, de 32 anos, que praticava um ritual de ocultismo, no município de Belas, em Luanda.

O oficial de informação do comando provincial da Polícia Nacional, inspector Euler Matari, disse à Angop que a mulher levou o menino até a sua residência, por volta das 10 horas da manhã, no distrito da Vila Verde, bairro das Tendas, onde cometeu o homicídio.

Euler Matari disse que a criança ficou queimada quando a mulher acendeu velas vermelhas e brancas e com um liquido inflamável, ainda por se identificar, atirou para o corpo do menino, resultando em morte imediata.

“Momentos depois tentou desfazer-se do cadáver, depositando-o num contentor de lixo, mas fruto de denúncia pública e do trabalho de investigação policial foi possível a identificação e detenção da mulher”, disse Euler Matari.

A vítima não tinha qualquer grau de parentesco com a mulher e a polícia desconhece ainda se a criança morava nos arredores ou não.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.