InicioAngolaRegiõesAutoridades tradicionais defendem mais acções do PIIM nos bairros

Autoridades tradicionais defendem mais acções do PIIM nos bairros

As autoridades tradicionais do município de Malanje defenderam hoje, quarta-feira, a necessidade de implementar-se mais acções do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) nos bairros periféricos da capital da circunscrição.

Segundo avança Angop, essa posição foi advogada pelos representantes da autoridade tradicional durante um encontro com o administrador municipal de Malanje, João de Assunção, com quem abordaram a necessidade da melhoria do diálogo institucional e da implementação de projectos voltados para as famílias, crianças e juventude.

O regedor do bairro Vila Matilde, João Filipe, disse que o PIIM foi concebido para melhorar a qualidade de vida das pessoas e, por isso, a sua implementação deve ter em conta as sugestões dos cidadãos, que conhecem melhor as dificuldades dos bairros onde moram.

Este programa, ressaltou, deve priorizar a construção de escolas, postos de saúde, sistemas de água entre outros projectos sociais.

Por sua vez, o regedor do bairro Carreira de Tiro, João Gimbula, reconheceu que o PIIM vai ajudar a melhorar a vida da população, embora tenha consciência que nem todos os problemas serão resolvidos de uma só vez.

Em sua opinião, o PIIM devia ser aplicado nos bairros mais carentes e dar primazia ao abastecimento de água potável, fornecimento de energia eléctrica e construção de escolas.

Já o regedor dos bairros Canganbo e Campo da Viação, Manuel Ngola, aplaudiu a iniciativa do Executivo por criar o PIIM, por ser um programa que vai melhorar a qualidade de vida dos munícipes e promover o desenvolvimento nas comunidades.

Espera que os projectos do PIIM abranjam todos os bairros da periferia de Malanje, por estarem a necessitar de obras de reabilitação e de novas infra-estruturas sociais.

Por seu turno, João de Assunção fez saber que a implementação do PIIM obedece a critérios, por isso serão identificados as principais necessidades de cada zona para serem priorizadas.

Realçou que a Administração Municipal de Malanje tomou nota e inseriu na sua base de dados as preocupações apresentadas pelas autoridades tradicionais e administrações comunais para serem analisadas e posteriormente poderem ser inseridas no PIIM.

O município de Malanje vai executar 17 projectos sociais voltados à educação, saúde, vias de comunicação, água, infra-estruturas administrativas, entre outros até 2020 no quadro do PIIM, e conta com uma dotação orçamental para o efeito de seis mil milhões 300 milhões de kwanzas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.