Portal de Angola
Informação ao minuto

Instituto de Estatísticas ausculta mais de 10 mil agregados familiares

Famílias inquiridas sobre Emprego em Angola (Foto: Leonardo Castro)

Dez mil e 301 agregados familiares, dos 10 mil e 944 seleccionados, foram inquiridos sobre o Emprego em Angola (IEA), de Abril a Junho deste ano, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O Inquérito ao Emprego em Angola visa disponibilizar as principais estatísticas sobre o mercado de trabalho a cada trimestre, para permitir ao governo e a sociedade a avaliação das políticas públicas e as metas do Plano do Desenvolvimento Nacional (PDN) 2018/2022.

Em nota enviada à Angop, o INE explica que durante o inquérito foram ouvidos agregados familiares residentes nas áreas urbanas e rurais, correspondendo a uma taxa de resposta de 94 por cento.

Para o sucesso do Inquérito ao Emprego em Angola, o INE apela a participação da população, em geral, e dos agregados familiares que fazem parte da amostra seleccionada.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »