Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Supostos espiões da CIA condenados à morte no Irão

(Foto: Tasnim)

Um funcionário do Ministério dos Serviços Secretos iraniano comunicou que foram identificados no país 17 espiões treinados pela CIA, informa mídia.

De acordo com a agência de notícias Fars, citando o funcionário iraniano, alguns dos detidos foram condenados à morte, sem revelar o número exacto.

Segundo o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irão, Ali Shamkhani, a cooperação entre a República Islâmica do Irão e outros países levou à “identificação e desmantelamento de uma rede de oficiais da CIA, bem como à detenção e punição de vários espiões”.

Em junho, um funcionário iraniano da Defesa, Jalal Haji Zwar, que supostamente colaborou com a agência de inteligência americana e espionou para os Estados Unidos, foi executado na prisão de Rajaishahr. Zwar trabalhava como contratante para a Organização das Indústrias Aeroespaciais, controlada pelo ministério, mas fora despedido em 2010.

‘Guerra dos Petroleiros’

Este anúncio da inteligência iraniana acontece num período de grande tensão entre EUA, Reino Unido e Irão por causa da chamada Guerra dos Petroleiros.

Recentemente, dois navios deste tipo, o Kokuka Courageous, registrado no Panamá e operado pela empresa japonesa

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »