Portal de Angola
Informação ao minuto

IDN promove curso de defesa nacional

(Foto: Angop)

Angop

Cinquenta e seis jovens auditores das Forças Armadas Angolanas (FAA) e de instituições públicas da província do Cuanza Norte participam, desde hoje, segunda-feira, na cidade de Ndalatando, no 26.º Curso de Defesa Nacional (CDN).

A formação, promovida pelo Instituto de Defesa Nacional do Ministério da Defesa, tem por finalidade promover debates e reflexões sobre a actual situação mundial, com incidência no domínio da segurança e da defesa nacional.

Durante cinco dias, os participantes irão debruçar-se sobre a política de defesa e segurança, com destaque para “Políticas Públicas e Defesa Nacional” e “Empreededorismo Local como Estratégia de Desenvolvimento Económico”.

Os formandos irão ainda abordar, em grupos, temas sobre “Noções Gerais de Estratégia”, “União Africana e os Principais Focos de Tensão em África”, “Cooperação Multilateral da Defesa na CPLP”, “ONU e a Política Externa Angolana na Resolução de Conflitos” e a “Geopolítica do Terrorismo em África”.

O curso inscreve também duas visitas de estudo à Escola de Artilharia Terrestre e Defesa Anti-Aérea e ao Jardim Botânico do Kilombo.

O Instituto de Defesa Nacional (IDN) é uma instituição vocacionada para o estudo, investigação e ensino das questões de Defesa Nacional, visando a promoção da identidade científica das linhas de fundamentação da política para o sector da Defesa.

Uma das atribuições deste órgão do Ministério da Defesa é apoiar a formulação do pensamento estratégico nacional, assegurando o estudo, a investigação e a divulgação nos domínios da segurança e defesa.

Habilitam-se aos cursos promovidos pelo instituto cidadãos angolanos com nível superior, parlamentares, magistrados, quadros superiores da Administração Pública, oficiais das FAA e da Polícia Nacional.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »