InicioCulturaDestaques CulturaPrimeira Dama de Angola prestigia aniversário da portuguesa Fundação Calouste Gulbenkian

Primeira Dama de Angola prestigia aniversário da portuguesa Fundação Calouste Gulbenkian

Angop

A Primeira Dama de Angola, Ana Dias Lourenço, participou, sexta-feira, em Lisboa, na qualidade de convidada especial, na cerimónia de entrega dos prémios Calouste Gulbenkian, que marcou mais um aniversário da morte do seu patrono.

Nascido em Scutari (hoje Üsküdar), Istambul, na Turquia, a 29 de Março de 1869, Calouste Gulbenkian morreu em Lisboa, a 20 de Julho de 1955, quando contava 86 anos.

Ana Dias Lourenço, de visita privada a Portugal, a convite da Fundação Calouste Gulbenkian, participou na cerimónia, presidida pelo Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.

A Primeira Dama de Angola teve a oportunidade de conviver, também, com outros ilustres convidados, entre os quais se encontravam os antigos presidentes de Portugal, Jorge Sampaio e Aníbal Cavaco e Silva, distintos membros do Governo, deputados e representantes da sociedade social.

Quanto à premiação, o jornalista libanês Amin Maalouf recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian, pelo seu trabalho em defesa dos direitos humanos.

Ao mesmo tempo, foram distinguidas várias personalidades e organizações que mais se destacaram no campo da cultura, ciência e desenvolvimento humano.

No evento, a presidente da instituição, Isabel Mota, anunciou, a criação do Prémio Calouste Gulbenkian para a Humanidade.

Os prémios são atribuídos todos os anos, desde 2006, a cada 20 de Julho, através de um conjunto de cerimónias, em homenagem ao fundador, falecido nesse dia e mês do ano de 1955.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.