Portal de Angola
Informação ao minuto

Tamar Golan apresenta exposição de caricaturas

Cartoonista Nelson Paím troca experiências com estudantes (Fotografia: Edições Novembro)

O caricaturista angolano Nelson Paím vai apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “10 Anos de Caricaturas Made in Angola”, uma exposição individual de caricaturas sobre tela, a inaugurar no próximo dia 26 de Julho de 2019, Sexta-feira, às 18h00.

A exposição ficará patente ao público até ao dia 20 de Agosto, podendo ser visitada de Segunda-feira a Sábado, entre as 12h30 as 19h30, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na baixa de Luanda.

Durante os últimos dez anos, diz Nelson Paím, “foram muitos os trabalhos que apresentei em Angola e pelo mundo fora, entre exposições, workshops e o lançamento de um novo livro de caricaturas”.

A culminar uma década de criatividade, a Galeria Tamar Golan apresenta agora uma exposição de caricaturas sobre tela, com alguns trabalhos em que o artista se aventura igualmente em pintura digital e carvão sobre papel.

O ARTISTA
Nelson Paím nasceu aos 10 de Agosto de 1990. Mais do que caricaturista, ele é um artista plástico, um profissional do desenho humorístico, da caricatura e do cartoon. Desde 2009 que faz caricaturas e nelas exprime o seu talento e a sua criatividade.

Em dez anos de trabalho, participou nove vezes no Festival Internacional de Banda Desenhada – Luanda Cartoon, colaborando de forma regular com as revistas Caras Angola, People e Carga Magazine da Música, entre outros meios de comunicação.

Lançou três livrinhos de caricaturas e fez uma tournée em seis províncias, a saber Bengo, Benguela, Huambo, Malanje, Lubango e Uíge. É o primeiro artista em Angola a publicar um livro de caricaturas.

A EXPOSIÇÃO

A caricatura vs. Nelson Paím. O nome “Paím” dá vontade de dar algumas gargalhadas, no bom sentido. É exactamente isso que faz a caricatura: aguça o sentido de humor do observador, leva-o a admitir a distorção, a passagem do normal ao anormal, a transformação de imagens normais em engraçadas, a indução da vontade de rir.

Mas atenção, a caricatura pode ser muito mal interpretada por quem não perceber a lógica subjacente. O jovem Nelson Paím vem trabalhando neste estilo há mais de 10 anos, sobretudo em pintura digital, mas desta vez ele mostra-nos o resultado de um desafio, o de pintar as suas caricaturas em tela.

Ao longo de uma década, teve sempre como anseio gravar o rosto de alguém em papel branco, imortalizando-o de forma engraçada, por vezes grotesca, lutando a cada dia para conquistar um novo admirador e apreciador do seu trabalho.

É bem visível no seu traço uma grande aceitação, até mesmo a nível internacional. Com o seu talento, agrega valor e contribui para o engrandecimento da caricatura no nosso país, estilo ainda pouco consumido, devido a tabus ainda existentes na nossa sociedade.

Com esta exposição, o nosso jovem luta para afirmar o estilo da caricatura no nosso mercado e para poder influenciar outros jovens a seguirem o mesmo estilo.
Bem haja Nelson Paím.

(Nota enviada ao Portal de Angola com pedido de publicação)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »