Portal de Angola
Informação ao minuto

Soyo necessita de 462 novos professores

Imagem ilustrativa (DR)

Quatrocentos e 62 novos professores do ensino primário ao II ciclo de ensino secundário são necessários no sector da educação no município do Soyo, província do Zaire.

Os actuais 947 docentes no activo no sistema de educação na circunscrição são insuficientes para cobrir a rede escolar constituída por 525 salas de aulas.

Quarenta 40 mil alunos do ensino primário ao II ciclo do ensino secundário frequentam aulas no presente ano lectivo na localidade.

O director municipal da educação, Paulo Suca, disse, nesta sexta-feira, à Angop, que assiste-se, no presente ano lectivo, uma superlotação de alunos em salas de aulas, sobretudo nas escolas do ensino primário.

A reforma educativa, ainda em curso no país, estabelece que uma sala de aula deve possuir no máximo até 45 alunos, situação que contrasta com a actual realidade do município.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »