- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Sistema sanitário guineense mergulhado em dificuldades

Sistema sanitário guineense mergulhado em dificuldades

VOA

O sistema sanitário da Guiné-Bissau é incapaz de fazer face a eventuais catástrofes no país, diz um novo relatório da Liga dos Direitos Humanos.

O documento Direito à Saúde na Guiné-Bissau informa que o sistema sanitário apresenta um insuficiente quadro de recursos humanos e os existem são de fraca qualidade.

A par disso, não há meios de diagnóstico aos pacientes, que continuam a custear do seu bolso os materiais básicos para a sua assistência sanitária em situações de emergência.

Isso resulta, entre outros problemas, na elevada taxa de mortalidade materno-infantil, aponta o documento.

O presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Augusto da Silva, diz que perante as evidencias, é preciso “que haja um debate amplo sobre problemas actuais que afectam o sistema de saúde”.

E Cleunismar da Silva, especialista de estudos sanitários, afirma que “é extremamente importante a transparência e a prestação de contas para o sector configurar maior credibilidade e confiança aos utentes”.

- Publicidade -
- Publicidade -

São Tomé e Príncipe: Autoridades prometem legislação contra a pesca ilegal

O governo São-tomense está a preparar uma nova lei para combater a pesca ilegal e outras práticas ilícitas no mar territorial do arquipélago. A...
- Publicidade -

Cabo Verde: Tribunal decide extraditar Alex Saab para os Estados Unidos

O Tribunal de Relação de Barlavento, decidiu extraditar para os Estados Unidos o empresário colombiano Alex Saab, alegado testa-de-ferro em negócios de corrupção do...

Profissionais de saúde da RDC estão em greve

Os profissionais de saúde, que enfrentam o 11º surto de Ébola na República Democrática do Congo (RDC), declarado no início de Junho no Noroeste...

Presidente da República lamenta perdas humanas nas explosões em Beirute

O Presidente da República, João Lourenço, lamentou esta quarta-feira a perda de vidas humanas e os elevados prejuízos materiais que resultaram das “violentas” explosões...

Notícias relacionadas

São Tomé e Príncipe: Autoridades prometem legislação contra a pesca ilegal

O governo São-tomense está a preparar uma nova lei para combater a pesca ilegal e outras práticas ilícitas no mar territorial do arquipélago. A...

Cabo Verde: Tribunal decide extraditar Alex Saab para os Estados Unidos

O Tribunal de Relação de Barlavento, decidiu extraditar para os Estados Unidos o empresário colombiano Alex Saab, alegado testa-de-ferro em negócios de corrupção do...

Profissionais de saúde da RDC estão em greve

Os profissionais de saúde, que enfrentam o 11º surto de Ébola na República Democrática do Congo (RDC), declarado no início de Junho no Noroeste...

Presidente da República lamenta perdas humanas nas explosões em Beirute

O Presidente da República, João Lourenço, lamentou esta quarta-feira a perda de vidas humanas e os elevados prejuízos materiais que resultaram das “violentas” explosões...

Congresso da LIMA realiza-se com restrições devido à Covid-19

As cidades de Luanda, Lubango, Saurimo, Uige, Cabinda e Ndalatando vão acolher a partir desta sexta-feira, as delegações ao IV Congresso Ordinário da Liga...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.