InicioEconomiaMais de 200 cooperativas de diamantes licenciadas no País

Mais de 200 cooperativas de diamantes licenciadas no País

Duzentas e 41 empresas e cooperativas semi-industriais de diamantes em todo o país, cujas actividades estavam paralisadas no âmbito da “Operação Transparência”, começaram já a receber as suas licenças de exploração, após serem alvo de uma inspecção pelo Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos.

De acordo com Angop, a informação foi avançada hoje, na cidade de Malanje, pelo director nacional dos Recursos Minerais, André Francisco Buta Neto, durante a cerimónia de entrega de 16 licenças de exploração de diamantes aos seus respectivos proprietários na província.

Informou que actualmente 100 cooperativas semi-industriais já legalizadas e licenciadas a nível do país já reiniciaram as suas actividades, após 10 meses de suspensão.

Realçou que o processo será contínuo, tendo em conta que muitas empresas encerradas no âmbito da operação transparência estão a trabalhar para a sua legalização.

Na ocasião, o vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas, Gabriel Pontes, considerou que o licenciamento das cooperativas vai facilitar o trabalho das autoridades no âmbito da “Operação Transparência”, que visa combater a imigração ilegal e a extracção ilícita de diamantes.

Cada empresa terá o dever de combater o garimpo no perímetro da sua área de actuação e ali desenvolver acções de responsabilidade social, bem como vender os diamantes apenas às empresas indicadas pelo Estado.

Em Malanje, foram licenciadas desde os meses de Fevereiro a Maio deste ano um total de 20 cooperativas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.