InicioEconomiaCEFA promove relações económicas entre empresas angolanas e francesas

CEFA promove relações económicas entre empresas angolanas e francesas

O principal objectivo do Clube de Empresários França-Angola (CEFA) passa por promover a actividade económica e comercial das empresas angolanas e francesas, bem como estabelecer um pilar de apoio para os membros e associados.

O Clube de Empresários França-Angola (CEFA) quer contribuir para o fortalecimento das relações económicas e comerciais entre as empresas angolanas e francesas. A informação foi avançada pelo Presidente do Conselho de Administração (PCA) da organização, Luís Liberato, que falava à margem de um workshop sobre a Implementação do IVA em Angola, recentemente, no Liceu Alioune Blondin Beye, em Luanda.

O workshop permitiu esclarecer as dúvidas e preocupações dos participantes relativamente à definição do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), e orientar os mesmos no processo de organização das empresas para melhor acompanhamento da implementação do IVA em Angola.

O evento abordou dentre vários assuntos a necessidade de regularização da contabilidade de cada empresa e da utilização de softwares que serão o meio de comunicação exigido para a informação entre o consumidor e a AGT.

Os objectivos da introdução do IVA em Angola, as suas características, impacto, dificuldades e os desafios que se apresentarão para cada sector de actividade no país foram outros dos pontos que mereceram destaque no workshop.

Este encontro enquadra-se num conjunto de actividades que o CEFA pretende realizar com o objectivo de aconselhar, orientar, informar e “promover a actividade económica e comercial das empresas angolanas e francesas, assim como estabelecer um pilar de apoio para os membros da associação, através de formações, mesas redondas e workshops”, disse Luís Liberato, PCA do CEFA.

Criado em Janeiro deste ano, na sequência da primeira visita de Estado do Presidente de Angola, João Lourenço, a França, o CEFA conta com 54 empresas que actuam em vários sectores da economia, com destaque para a área petrolífera, serviços e transporte, e prevê juntar, ainda este ano, mais de 100 associados.

(Nota enviada ao Portal de Angola com pedido de publicação)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.