Portal de Angola
Informação ao minuto

Parlamento Europeu pede mais sanções contra a Venezuela após a morte do capitão Acosta

O capitão Rafael Acosta Arévalo morreu em consequência das torturas sofridas e o jovem Rufus Chacón (DR)

EFE

A sessão plenária do Parlamento Europeu na quinta-feira exortou a União Europeia (UE) a impor mais sanções à Venezuela por “repressão” no país, após a tortura e morte do capitão Rafael Acosta Arévalo, enquanto esteve sob custódia das forças de segurança venezuelanas.

A resolução, aprovada com 455 votos a favor, 85 contra e 105 abstenções, reitera o seu total apoio ao que considera presidente interino legítimo, Juan Guaidó, e à Assembleia Nacional, e apoia o processo de facilitação promovido pela Noruega, que deveria conduzir a eleições livres, transparentes e credíveis.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »