Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Há menos mortes relacionadas com VIH/sida

(DR)

Euronews

Em 2018 diminuiu o número de pessoas que morreram com doenças relacionadas com Sida.

Segundo o relatório da agência das Nações Unidas dedicada à luta contra a epidemia, divulgado esta terça-feira, em todo o mundo registaram-se 770 mil mortes. O número significa uma uma queda de um terço desde 2010.

Christine Kafando, presidente da associação Espoir pour Demain (AED), lembra que os jovens são o grupo que requer mais atenção e trabalho.

“Percebemos que, actualmente, as pessoas mais afetadas são jovens entre os 14 e os 24 anos. E isso é inadmissível depois de anos de mobilização e apoio. Como foi possível negligenciar uma geração tão importante?”

Apesar dos bons resultados a nível global, o relatório da ONU alerta para disparidades regionais. Para o aumento das infecções na Europa de Leste e na Ásia Central e para o aumento de mortes no Médio Oriente e no Norte da África.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »