Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Ex-vice-presidente argentino condenado a cinco anos de cadeia por corrupção

(DR)

Um tribunal federal confirmou hoje a condenação a quase seis anos de prisão do ex-vice-presidente argentino Amado Boudou, que governou o país ao lado de Cristina Kirchner de 2011 a 2015.

De acordo com a Sputnik, Boudou foi condenado em primeira instância por um tribunal de Buenos Aires a cinco anos e dez meses de prisão, em Agosto passado, por corrupção e conflito de interesses.

Ele terá se envolvido numa operação de aquisição controversa de uma empresa de impressão de notas bancárias quando era ministro da Economia, segundo destacou a AFP.

O político teria lançado um plano de resgate para uma companhia privada falida, a Ciccone Calcografica, que praticamente detinha o monopólio da impressão de cédulas bancárias e documentos oficiais na Argentina.

A tentativa de comprar a empresa (70% das acções, no seu caso) finalmente falhou, e o Estado nacionalizou a Ciccone Calcografica.

Os advogados de Boudou, actualmente preso numa penitenciária a cerca de 100 quilómetros ao sul da capital, declararam que pretendem apelar da condenação à Suprema Corte de Justiça, acrescenta a agência.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »