Portal de Angola
Informação ao minuto

Seedorf demitido do comando da selecção dos camarões

(Afp)

O holandês Clarence Seedorf foi demitido do cargo de técnico da selecção dos Camarões após o fiasco dos ‘leões indomáveis’ na Taça Africana das Nações que decorre no Egipto, anunciou terça-feira a Federação Camaronesa de Futebol (Fecafut).

De acordo com a Angop, o auxiliar de Seedorf, Patrick Kluivert, outro ex-craque do futebol holandês, também foi dispensado, de acordo com a entidade.

A selecção camaronesa entrou em campo no CAN-2019 como actual campeã continental, mas foi eliminada nos oitavos de final pela Nigéria (3-2), uma “eliminação prematura”, como chamou a Fecafut para justificar sua decisão.

Fragilizada pelas decisões de Seedorf e ineficaz no ataque, a selecção camaronesa tem dois anos pela frente para se reconstruir, até sediar a próxima edição da Copa Africana das Nações.

Em nove partidas como treinador camaronês, Seedorf só havia conseguido três vitórias desde que chegou ao cargo, em Agosto do ano passado.

Seedorf, de 43 anos e que ganhou quase todos os títulos possíveis como jogador do Ajax, Real Madrid, Milan, entre outros, continua sem convencer como técnico, depois de duas passagens de seis meses pelo Milan e o futebol chinês e uma descida de divisão na Espanha com o Desportivo da Corunha.

A demissão de Seedorf não foi o único caso de treinador dispensado após um mau desempenho da selecção.

A Federação da Guiné anunciou, também, a demissão do belga Paul Put como técnico da selecção do país devido aos “resultados pouco satisfatórios”, depois desta equipe ter sido eliminada nos oitavos de final pela Argélia (3-0).

A final do campeonato africano será disputada na sexta-feira pelas selecções do Senegal e Argélia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »