Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Novo juiz do Constitucional pode ser impugnado

(DR)

VOA | Coque Mukuta

O antigo Comissário Nacional da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola, Manuel Pinheiro, apelou ao Presidente da Republica a não dar posse ao candidato declarado vencedor para a posição de juiz conselheiro do Tribunal Constitucional (TC) para o qual a sua candidatura foi rejeitada.

O TC aprovou recentemente a nomeação de Carlos Alberto Bravo Burity como juiz conselheiro do tribunal e rejeitou cinco candidaturas.

Um desses candidatos, Manuel Pinheiro foi rejeitado porque alegadamente o seu diploma de mestrado não estava reconhecido pelo Presidente da República.

Pinheiro pediu a revisão do processo e avisou que a nomeação de Burity poderá ser impugnada caso o João Lourenço confirme a sua nomeação.

“Esperamos que o Presidente enquanto alto mandatário da nação não seja enganado”, disse Pinheiro.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »