Portal de Angola
Informação ao minuto

CNJ quer fiscalizar implementação do PIIM

Massangano Domingos - 2º Vice presidente do CNJ (FOTO: ANTÓNIO ESCRIVÃO)

Angop

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) manifestou esta terça-feira, em Luanda, a sua disponibilidade para fiscalizar a implementação do Programa de Integração e Intervenção nos Municípios (PIIM), visando a melhoria da qualidade de vida da população.

Essa vontade foi expressa pelo segundo vice-presidente do CNJ, Massangano Domingos, no final de um encontro com a secretária de Estado da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ruth Mixinge, com quem abordou a melhoria do diálogo institucional e a necessidade de estabelecer-se estratégias para o acompanhamento dos projectos voltados às famílias, crianças e juventude.

Segundo o vice-presidente, o Programa de Integração e Intervenção nos Municípios é um projecto que visa melhorar a qualidade de vida dos angolanos, por isso o CNJ pretende acompanhar a execução das acções do PIIM e ajudar, com sugestões, a sua implementação, em caso de necessidade.

“O CNJ quer ser parte integrante na implementação do PIIM, para contribuir no êxito do programa, evitando assim possíveis erros ou desperdícios de valores monetários”, ressaltou.

Por seu turno, Ruth Mixinge admitiu que a população, principalmente a juventude, passa por momentos difícil, mas pediu para ter foco de vida, porque o país necessita da união dos jovens para se desenvolver.

Lembrou que o Executivo está a trabalhar para melhorar as questões sociais das famílias, na qual as crianças, jovens, idosos e jovens, estão no centro destas políticas, cujo objectivo é dar mais dignidade à população.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »