InicioVidaSaúdeBebé nasce com abdómen aberto

Bebé nasce com abdómen aberto

Uma cidadã de 19 anos de idade deu a luz a um bebé com abdómem aberto e intestinos expostos, segunda-feira, no Hospital Provincial Materno Infantil do Cuanza Norte, localizado na cidade de Ndalatando, avança a Angop.

Essa informação foi avançada hoje, terça-feira, à imprensa pelo director clínico do Hospital Provincial Materno Infantil do Cuanza Norte, Fidel Hebo, tendo explicado que o bebé nasceu com malformação congénita conhecida como gastrosquise, que é caracterizada por anomalia da parede abdominal.

“Trata-se de abertura nos músculos e na pele da parede abdominal que permite que os intestinos e outros órgãos abdominais fiquem expostos”, detalhou.

Fez saber que o bebé e sua mãe foram transferidos para uma unidade de saúde de Luanda com melhores condições técnicas, para um acompanhamento médico mais especializado e eficaz.

Disse que o bebé pesa cerca de dois quilogramas, nasceu de parto normal e não corre perigo de vida.

Segundo o especialista, a malformação congénita pode ter como causas o uso de fármacos inadequados, a não realização das consultas pré-natais, a falta de vacinação durante a gestação, entre outros factores.

Este é o terceiro caso de bebé que nasce com malformação congénita em menos de dois meses naquela unidade sanitária.

Vocacionado para o atendimento médico de crianças e mulheres grávidas, o Hospital Materno-infantil do Cuanza Norte comporta 149 camas e conta com 170 funcionários, entre enfermeiros, parteiras e médicos, que atendem diariamente mais de 50 pacientes.

A unidade dispõe de serviços de pré-natal, ginecologia, obstetrícia, puericultura, pediatria, cirurgia, planeamento familiar, entre outras especialidades.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.