InicioAngolaPolíticaAdido militar considera salutar cooperação entre Angola e Brasil

Adido militar considera salutar cooperação entre Angola e Brasil

O adido de defesa do Brasil, coronel Jonh Days Bezerra Dantas, considerou segunda-feira, nesta cidade, salutar a cooperação entre Angola e o seu país, no domínio militar, fruto das relações bilaterais entre os dois estados.

Segundo a Angop, o diplomata falava à imprensa à saída de uma audiência entre adidos militares de vários países e o governador de Malanje, Norberto dos Santos, que visou conhecer as potencialidades turísticas e económicas da província.

Jonh Days Bezerra Dantas realçou que as relações de cooperação nesse domínio datam de 1993, ano em que o Estado brasileiro formou um grupo de militares angolanos na área de desminagem, a fim de se desenvolver esse trabalho no país, devido às minas implantadas durante o conflito armado.

“Nós temos uma cooperação que vem desde 1993, quando viemos para Angola sob a égide da ONU para acompanhar o cessar-fogo e dois anos depois instalamos as representações militares. Doravante vamos participar na formação e aperfeiçoamento de técnicas militares da marinha de guerra, força aérea e da aeronáutica”, frisou.

Relativamente às potencialidades da província de Malanje, disse que as mesmas serão levadas ao conhecimento das autoridades do Brasil e dos empresários, no sentido de influenciar e estimular interesses de investimentos nas áreas do turismo e da agricultura.

Enquanto isso, o adido de defesa de Moçambique, capitão de guerra e mar Salomão Miambo, considerou que a situação militar na província é calma, apesar de certas “atrocidades” causadas por exploradores ilegais de diamantes.

O encontro com os adidos de defesa serviu para o governador de Malanje apresentar as potencialidades da província e apelar para o investimento privado de países estrangeiros, por intermédio dos adidos militares.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.