Portal de Angola
Informação ao minuto

Acordo assistência técnica com Banco Mundial avaliado em mais de mil milhões USD

(DR)

Mercado

O Banco Mundial vai assistir o Governo na implementação do programa de assistência técnica reembolsável (RAS) para as reformas e privatizações das empresas públicas e parcerias públicos privadas (PPPs).

O Ministério das Finanças e o Banco Mundial assinarão no final da tarde de ontem três acordos vão ser assinados, nomeadamente, “Acordo de Financiamento de Projectos do Sector Eléctrico” (250 milhões USD), “Acordo Financiamento de Políticas Públicas de Crescimento e Inclusão” (500 milhões USD) e um “Acordo de Financiamento de Assistência Social” (320 milhões USD), apurou o Mercado.

O Banco Mundial vai assistir o Governo na implementação do programa de assistência técnica reembolsável (RAS) para as reformas e privatizações das empresas públicas e parcerias públicos privadas (PPPs).

O ministro das Finanças, Archer Mangueira, considerou serem instrumentos bastantes importantes para Angola, sobretudo neste momento em que o País vive de reformas e procura diversificar a economia nacional, com a potenciação do empresariado nacional.

Já o director do Banco Mundial para Angola e São Tomé e Príncipe, Abdoulaye Sech, disse ser muito encorajador ver as reformas em curso em Angola e observar o que o governo está a implementar em prol do benéfico da população, um exemplo que para si deve ser replicado em outros países africanos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »