InicioMundo LusófonoS. Tomé e PríncipeSão Tomé e Príncipe celebra 44 anos de independência

São Tomé e Príncipe celebra 44 anos de independência

VOA | Óscar Medeiros

Um misto de satisfação e frustração marca o dia da independência em são Tomé e Príncipe.

Muitos dizem que a liberdade conquistada a 12 de Julho de 1975 apenas serviu para melhorar a vida dos governantes.

Mesmo com o país a sair de mais uma crise de combustíveis e energia eléctrica, o presidente da República destaca, em entrevista à Voz da América, os avanços nas áreas da saúde e educação alcançados nos últimos 44 anos.

Evaristo Carvalho reconhece, no entanto, que ainda há um longo caminho a percorrer com vista a melhoria das condições de vida da população.

O chefe de estado considera o desemprego jovem um dos problemas mais gritantes da sociedade São-tomense.

Ele lamenta o clima de ódio entre os grupos políticos e não esconde que este ódio tem sido a principal causa do atraso socioeconómico verificado nos últimos 44 anos da independência

Este ano, o acto central alusivo ao dia da independência foi levado para a cidade de Angolares, uma das regiões mais desfavorecidas do país, localizada ao sul da ilha de São Tomé, a cerca de 50 quilómetros da capital.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.