- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Polícia detém pastor congolês da IESA acusado de abuso sexual

Polícia detém pastor congolês da IESA acusado de abuso sexual

As autoridades policiais angolanas detiveram na quarta-feira, em Luanda, um pastor de nacionalidade congolesa da Igreja do Espírito Santo (IESA), acusado de abusos sexuais e de ter engravidado uma adolescente, informou fonte da Polícia Nacional (PN).

Em declarações à Angop, a fonte da PN declarou que o pastor, de 39 anos, pertencia a uma congregação da IESA, localizada no bairro das Salinas, no município de Belas, em Luanda.

O homem confessou o crime às autoridades policiais, depois de ter sido detido.

Segundo a fonte, o facto ocorreu em Dezembro de 2018 quando a mãe da adolescente, crente da igreja, levou a menina à congregação para um tratamento contra malária.

Ainda de acordo com a fonte, o pastor solicitou à mãe da menina, de 16 anos, que a internasse na referida igreja, mas posteriormente o homem levou a adolescente para sua casa, onde a violentou sexualmente várias vezes.

Sete meses depois, acrescentou, a adolescente apresentou sintomas de gestação, facto que levou a mãe a fazer testes clínicos, num dos hospitais da capital.

Depois dos exames médicos, confirmou-se que a adolescente estava grávida.

Na ocasião, a adolescente também confessou à mãe sobre o seu estado de gestação.

SIC e detenções de suspeitos

Entretanto, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, de 20 de Junho a 11 deste mês, 75 suspeitos acusados de estarem implicados em 57 crimes de violação sexual, posse ilegal de armas de fogo, drogas e roubos qualificados.

Durante as operações, foi ainda desmantelada uma casa de prostituição no distrito do Camama, município do Talatona, bem como detidos dois cidadãos, que geriam o referido prostíbulo.

Noutras operações realizadas nos municípios de Belas, Viana, Cacuaco, Kilamba-Kiaxi e Talatona foram apreendidas 20 armas de fogo de calibre diverso, munições, 14 viaturas e oito motorizadas roubadas.

Constam ainda das apreensões, 30 gramas de cocaína, 230 quilogramas de drogas do tipo cannabis (liamba), telemóveis e eletrodomésticos.

- Publicidade -
- Publicidade -

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...
- Publicidade -

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Notícias relacionadas

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Milhares vão às ruas do Reino Unido contra o racismo e a violência policial

Neste sábado (6), protestos no Reino Unido contra o racismo e a violência policial ecoaram as manifestações que ocorrem nos Estados Unidos em decorrência...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.