Portal de Angola
Informação ao minuto

O motorista do Uber que vai virar tenor de ópera após ter sido filmado por passageira

O motorista de Uber Menzi Mngoma foi gravado por uma passageira enquanto cantava uma ária; vídeo viralizou e ele agora se prepara para a carreira como tenor (BBC)

BBC África / Mohammed Allie

Um motorista da Uber sul-africano que gostava de cantar árias para seus passageiros encontrou fama e carreira na ópera graças a um vídeo viral de uma de suas performances dirigindo.

Um clipe de Menzi Mngoma, 27, cantando La donna è mobile em seu carro na cidade de Durban foi postado no Facebook em maio e teve mais de 660 mil visualizações.

Estou muito animado com tudo o que está acontecendo na minha vida agora – todos os shows que estou tendo, pessoas que me reconhecem, querendo tirar fotos comigo”, disse ele à BBC.

“Me sinto especial vendo meu rosto na TV e nos jornais, além de entrevistas no rádio.”

Em uma viagem no carro de Mngoma se deparou com o talento do motorista, e soube que ele era autodidata.

“Ele trabalhava como motorista do Uber para sustentar sua jovem família devido à falta de oportunidades para cantores como ele no país”, disse Davey à BBC.

Assim que Mngoma começou a cantar, ela conta ter ficado “toda arrepiada”.

“Fiquei completamente surpresa. Não pude acreditar que um homem com talento não pudesse usá-lo”, fala. “Depois de obter sua autorização para postar no Facebook o vídeo que eu gravei dele, não tinha ideia de que ele viralizaria. E as coisas simplesmente aconteceram muito rápido para ele desde então.”

‘Me sinto uma pessoa especial’
Desde então a vida de Mngoma virou de cabeça pra baixo.

Ele foi chamado para fazer um teste na Ópera da Cidade do Cabo, está gravando um single e foi convidado para se apresentar na entrega de um importante prémio de literatura do país, em Johanesburgo, no dia 31 de julho.

Ele também foi convidado a participar da competição internacional de cantores de ópera chamada Vozes da África do Sul, na Cidade do Cabo, entre 18 e 28 de julho.

“E estou indo para Los Angeles para me apresentar em um show de talentos em dezembro. Me sinto como uma pessoa especial. Então, não sou apenas um simples motorista do Uber. É ótimo”, diz Mngoma, cujo sonho era se apresentar fora do país.

Sua ópera favorita é Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni.

“Eu sou um cantor natural, mas de géneros como gospel e jazz. Na ópera eu invisto muito tempo tentando aprender como se faz”, diz ele.

A ópera passou por uma grande transformação na África do Sul, desde os tempos do apartheid, quando era uma forma de arte elitista e eurocêntrica, e hoje incorporar sabores distintamente africanos.

Nos últimos 25 anos, o país produziu estrelas internacionais talentosas, como a soprano Pretty Yende e o tenor Levy Sekgapane.

Hoje, a maioria dos cantores de ópera do país é negra e Mngoma espera se juntar a esses talentos.

Continua no Uber
Conrad Cupido, professor de canto e membro do conselho da Ópera da Cidade do Cabo, foi um dos primeiros a ver o vídeo de Mngoma no Facebook e agendar uma audição para o motorista.

Uma gravação da audição de Mngoma impressionou o diretor artístico da companhia de ópera, Matthew Wild.

“Ele tem uma voz de tenor muito bonita”, disse ele à BBC. Wild também conta que já marcou uma conversa com Mngoma em julho, para saber de suas ambições, seus planos e esperanças para o futuro. “É claramente uma voz linda e nós adoraríamos ajudar de qualquer maneira que pudermos”, afirma.

Ele acredita que já no próximo ano Mngoma estará fazendo parte do programa de ópera da Cidade do Cabo.

A crescente lista de compromissos musicais de Mngoma afetou seu trabalho como motorista de Uber.

“Eu ainda estou trabalhando no Uber e é algo que continuarei fazendo até estar em posição de deixar o trabalho”, fala. “No momento, enquanto estiver comprometido e motivado a me tornar um artista profissional, preciso ajudar a sustentar minha família.”

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »