InicioDestaquesIrão ataca posições da oposição na fronteira com o Curdistão iraquiano

Irão ataca posições da oposição na fronteira com o Curdistão iraquiano

A Guarda Revolucionária de elite do Irã usou drones e mísseis para atacar o quartel-general de um grupo militante curdo perto da fronteira iraniana com a região vizinha do Curdistão iraquiano, relatou a agência de notícias iraniana semioficial Tasnim nesta sexta-feira.

“Um número grande de terroristas foi morto e ferido nos ataques que começaram na quarta-feira para visar quartéis-generais de terroristas e seus campos de treinamento”, disse a agência, citando um comunicado da Guarda.

Segundo avança a Reuters, uma reportagem da Tasnim em árabe e um tuíte em inglês da Press TV iraniana disseram que os ataques ocorreram do lado iraquiano da fronteira, mas a íntegra do comunicado em farsi só disse que eles ocorreram ao longo da divisa.

Segundo o comunicado, os ataques foram lançados em retaliação a atentados recentes do grupo, que mataram ao menos cinco membros da Guarda no noroeste e no oeste do Irão.

“Espera-se que o governo do Curdistão iraquiano leve os alertas do Irão a sério e não permita que terroristas usem seu território como abrigo para treinar, organizar e ameaçar a segurança sustentável do Irão realizando ataques terroristas”, disse o comunicado.

“A Guarda… reagirá duramente a qualquer agressão contra a segurança do Irão”.

São frequentes na área os confrontos entre forças de segurança iranianas e grupos militantes curdos iraquianos radicados no vizinho Iraque, como o Partido da Vida Livre do Curdistão (PJAK), acusado por Teerão de ter laços com insurgentes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) da Turquia.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.