- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Acabou a disputa nos tribunais: Morreu Vincent Lambert

Acabou a disputa nos tribunais: Morreu Vincent Lambert

AFP

Morreu Vincent Lambert, o cidadão francês que estava tetraplégico e a viver dependente de sistemas artificiais de suporte vital há mais de 10 anos.

Por ordem judicial, as máquinas foram desligadas há pouco mais de uma semana. A vida de Vicent Lambert extinguiu-se esta quinta-feira de manhã “às 08:24 horas da manhã” no centro hospitalar de Reims, em França, precisou o sobrinho François Lambert, em declarações à France Press (AFP).

Estávamos preparados para o deixar partir”, acrescentou o sobrinho, um dos apoiantes da decisão de desligar as máquinas de suporte de vida.

O destino de Vincent Lambert, vítima de um acidente de viação em 2008, vinha a ser discutido em tribunal há vários anos entre os familiares mais próximos.

Primeiro, apenas em França e, depois, com vários recursos para instâncias internacionais, incluindo o Tribunal Europeu de Direitos Humanos.

A mulher, Rachel Lambert, liderava a fação a favor da retirada da assistência vital, alegando ser esse o desejo expresso pelo marido caso um dia ficasse em estado quase vegetativo.

A mãe, Viviane Lambert, foi a cara da ala a favor da manutenção de Vincent vivo através do suporte artificial das máquinas, na esperança de um dia o filho poder recuperar.

Um dos advogados dos pais de Vincent Lambert referiu à AFP confirmou a notícia da morte e disse ser este é “um momento de luto”, prometendo para mais tarde uma reação de Pierre et Vivianne Lambert, “se eles assim o desejarem”, concluiu Jean Paillot.

- Publicidade -
- Publicidade -

Capital da Bielorrússia é abalada por explosões

A capital da Bielorrússia, Minsk, foi atingida por explosões neste domingo (9). O país regista protestos após as eleições presidenciais. A candidata oposicionista Sviatlana Tsikhanouskaya...
- Publicidade -

A embriaguez pela leitura

Para satisfazer um vasto número de leitores que solicitaram a peça tomei a liberdade de a colocar outra vez on line, desta vez, no...

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Notícias relacionadas

Capital da Bielorrússia é abalada por explosões

A capital da Bielorrússia, Minsk, foi atingida por explosões neste domingo (9). O país regista protestos após as eleições presidenciais. A candidata oposicionista Sviatlana Tsikhanouskaya...

A embriaguez pela leitura

Para satisfazer um vasto número de leitores que solicitaram a peça tomei a liberdade de a colocar outra vez on line, desta vez, no...

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.