- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil 17 corpos encontrados em cemitério clandestino no Brasil

17 corpos encontrados em cemitério clandestino no Brasil

Uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público encontrou nesta quarta-feira (10) mais corpos em um cemitério clandestino que, segundo investigações, era usado por milicianos de Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. Até as o fim da tarde de ontem, seis corpos tinham sido desenterrados.

De acordo com o G1, as buscas contaram com uma retroescavadeira. Na sexta-feira (5), primeiro dia de buscas, outros 12 corpos já tinham sido achados. A polícia chegou a anunciar, no dia, que 14 corpos tinham sido achados, mas corrigiu o número nesta quarta.

De acordo com as investigações, o local era usado pela milícia que atua na região. O grupo foi alvo da Operação Salvator, que na quinta-feira (4) prendeu 50 pessoas.

Há a suspeita de que a quadrilha, comandada por Orlando Curicica, matou pelo menos 45 pessoas e sumiu com os corpos.

Segundo a polícia, rivais ou vítimas da milícia de Itaboraí eram chamadas de “discos voadores”, por desaparecerem de uma hora para outra sem deixar rastro.

Há relatos de expulsões, mutilações e sumiços. “Um chegou a tirar o coração de uma vítima, a cabeça”, citou o delegado Gabriel Poiava.

- Publicidade -
- Publicidade -

Capital da Bielorrússia é abalada por explosões

A capital da Bielorrússia, Minsk, foi atingida por explosões neste domingo (9). O país regista protestos após as eleições presidenciais. A candidata oposicionista Sviatlana Tsikhanouskaya...
- Publicidade -

A embriaguez pela leitura

Para satisfazer um vasto número de leitores que solicitaram a peça tomei a liberdade de a colocar outra vez on line, desta vez, no...

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Notícias relacionadas

Capital da Bielorrússia é abalada por explosões

A capital da Bielorrússia, Minsk, foi atingida por explosões neste domingo (9). O país regista protestos após as eleições presidenciais. A candidata oposicionista Sviatlana Tsikhanouskaya...

A embriaguez pela leitura

Para satisfazer um vasto número de leitores que solicitaram a peça tomei a liberdade de a colocar outra vez on line, desta vez, no...

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.