Portal de Angola
Informação ao minuto

Parlamento timorense prolonga funcionamento para votar leis pré-tratado de fronteiras

(ANTONIO AMARAL/LUSA)

JN|Lusa

O parlamento timorense aprovou, com o apoio das bancadas da maioria do Governo, o prolongamento do seu período normal de funcionamento para debater um pacote legislativo essencial para ratificar o tratado de fronteiras com a Austrália.

A decisão, aprovada com 36 votos a favor e 18 contra, amplia até 15 de agosto a 1.ª sessão da V legislatura, que deveria terminar em 15 de julho, mantendo-se a data de arranque da 2.ª sessão para 15 de setembro.

O prolongamento — que retira um mês ao descanso anual do parlamento – tem como objetivo permitir debater e aprovar um conjunto de alterações legislativas, que foram hoje aprovadas em Conselho de Ministros e que são necessárias para que Timor-Leste e a Austrália possam ratificar em 30 de agosto o novo tratado permanente de fronteiras marítimas.

Em causa estão alterações de cinco leis, nomeadamente a Lei Tributária, a Lei do Fundo Petrolífero, a Lei das Atividades Petrolíferas, a Lei sobre a Tributação dos Contratantes de Bayu-Undan e a Lei sobre o Desenvolvimento do Petróleo do Mar de Timor.

As emendas aos diplomas foram debatidas nos últimos dois dias em reuniões extraordinárias do Conselho de Ministros e seguem na quarta-feira para o Parlamento Nacional, onde devem começar a ser debatidas na próxima semana.

O objetivo do Governo é ter os diplomas aprovados até 25 de julho para o seu envio para o Presidente da República.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »