InicioDestaquesJuncker lamenta “falta de transparência” na escolha do seu sucessor

Juncker lamenta “falta de transparência” na escolha do seu sucessor

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou hoje que “não foi muito transparente” a nomeação da sua sucessora, Ursula von der Leyen, e de outros cargos institucionais de topo da União Europeia (UE).

O processo não foi muito transparente”, disse Juncker numa conferência de imprensa em Helsínquia, citado pelo Vanguarda, depois de questionado sobre a forma como os chefes de Estado e de Governo dos 28 fizeram as escolhas.

A escolha de Von der Leyen foi feita ignorando o processo dos chamados ‘Spitzenkandidaten’, lançado há cinco anos e segundo o qual o presidente da Comissão Europeia é escolhido entre os candidatos apresentados pelas principais famílias políticas europeias.

A nomeação de Ursula von der Leyer tem ainda de ser aprovada pelo Parlamento Europeu (PE).

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.