InicioEconomiaEmpresa cria "fazenda modelo" para fomento da produção agrícola na Ganda

Empresa cria “fazenda modelo” para fomento da produção agrícola na Ganda

Uma fazenda modelo, equipada com tecnologia de ponta, foi criada recentemente na povoação da Chimboa, a 18 quilômetros da sede municipal da Ganda, na província de Benguela, com vista a formar pequenos, médios e grandes agricultores locais, visando a máxima rentabilização da produção agrícola, soube hoje, segunda-feira, a Angop.

De iniciativa da empresa angolana “Vida Rural”, o projecto pretende ajudar os agricultores locais na melhoria da planificação e organização do processo de produção agrícola, para se evitar ao máximo os prejuízos e ajudá-los na criação de renda e de postos de trabalho.

Em declarações à Angop, o sócio-gerente da referida empresa, Rui Magalhães, disse que a fazenda foi criada para servir de campo de demonstração, concentração de imputes agrícolas e de treino dos agricultores associados, ou não, em várias cooperativas de produção na região.

“Dentro da nossa fazenda, os agricultores não aprendem apenas sobre o processo de produção, mas também de organização em cooperativas, visando uma melhor interacção com a banca e com o próprio estado, quando recorrerem a estes entes”, disse.

A empresa aposta também na inovação, através da criação de uma plataforma digital para juntar produtores e compradores.

Por outro lado, disse que para a presente época agrícola, a “Vida Rural” já preparou 40 hectares, igualmente na área da Chimboa, que contam com um sistema de irrigação moderno para produção, sobretudo, de hortaliças e legumes.

“Vamos produzir tomate, pimento, pepino e outras leguminosas, que serão posteriormente fornecidos a grandes superfícies comerciais da província”, disse.

Com efeito, avançou, decorre a preparação dos solos e sua correcção, para que, até 15 deste mês, possam começar com as plantações, estando a primeira colheita reservada para os meses de Outubro e Novembro do corrente.

O gerente informou ainda que dentro dos próximos 20 dias será concluído um armazém para comercialização de imputes agrícolas, visando o apoio ao desenvolvimento da produção agrícola na região.

Entretanto, o administrador municipal da Ganda, Francisco Prata, aplaudiu a iniciativa e convidou outros investidores a aportarem à região, pois, possui terras aráveis e outras condições para o fomento da actividade agrícola.

Apontou a reabilitação das vias rodoviárias e de algumas pontes de acesso as comunas e povoações como prioridades do Programa Integrado de Intervenção Municipal (PIIM), cujas obras devem arrancar dentro de dias, com vista a permitir as trocas comerciais e o escoamento da produção do campo à cidade.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.