Portal de Angola
Informação ao minuto

10 ex-ministros da Ciência lançam manifesto contra políticas de Bolsonaro

Presidente brasileiro Jair Bolsonaro (Fotos Públicas / Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Foi lançado nesta segunda-feira (1), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), um manifesto assinado por dez ex-ministros da Ciência, Tecnologia e Inovação contra a condução do setor pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O grupo reúne membros de administrações de diferentes matizes políticas e afirma que tem “profunda preocupação” com o atual quadro de cortes orçamentários.

“Desqualificar as universidades públicas que produzem mais de 90% da pesquisa brasileira e a privatização de empresas estratégicas, são equívocos que podem custar caro à sociedade brasileira”, afirma o manifesto dos ex-ministros da Educação.

Antes da atual iniciativa, antigos titulares das pastas do Meio Ambiente, Educação e Justiça também publicaram manifestos contra os rumos do governo Bolsonaro.

Presente no evento na UFRJ e ex-ministro, Aloízio Mercadante afirmou em entrevista à Sputnik Brasil que o manifesto é um “alerta à sociedade brasileira”.

Segundo o antigo ministro da gestão de Dilma Rousseff, o Brasil ficará para trás na economia global se não fizer investimentos em ciência e tecnologia. Mercadante também afirma que Bolsonaro não baseia suas decisões em evidências e questiona fatos concretos, como o aquecimento global.

“Nós temos um governo que não baseia suas políticas públicas na pesquisa científica, nos fatos, na evidência empírica.”

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »