Portal de Angola
Informação ao minuto

Novos inspectores devem melhorar prestação na protecção civil

SERVIÇO DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS (ARQUIVO) (FOTO: HENRI CELSO)

Angop

O Segundo Comandante Geral do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, José Horácio da Silva, recomendou, nessa terça-feira, no município de Viana, em Luanda, os finalistas do quarto curso de inspectores, deste órgão do Ministério do Interior, a aplicar tudo que aprenderam durante a formação.

De acordo com o Comissário Bombeiro, a prevenção, na qualidade de órgão mais importante do sector, deve ser melhorada e impor-se a disciplina, assim como incrementar as acções.

Disse, por outro lado, que em função dos recursos financeiros que o Governo tem gastado na construção de novas indústrias, assim como na execução de projectos económicos de grande impacto social, aumenta a responsabilidade dos inspectores de prevenção e de mais nas campanhas de sensibilização das populações.

Por sua vez, o director da Escola Nacional de Formação de Quadros, José Caculo, disse que o Serviço de Proteção Civil e Bombeiros programou este curso, dos cinco previstos para este primeiro semestre do ano 2019, com a finalidade de criar valências aos inspectores de prevenção, para que possam corresponder às exigências do povo.

Participaram do curso, que teve a duração de 350 horas, 36 efectivos, dos quais nove mulheres. Foram ministradas aulas nas disciplinas de análise de projecto de construção, técnicas de projecto de sistemas de prevenção e combate a incêndio, estudo de comportamentos dos elementos construtivos, bem como organização de trabalho.

Durante a cerimonia fez-se a entrega simbólica de três certificados aos recém formados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »