Portal de Angola
Informação ao minuto

“Forças diabólicas” prejudicam a Renamo, diz o seu líder, Ossufo Momade

Crise interna na RENAMO fragiliza a posição do presidente do partido, Ossufo Momade. (DR)

VOA

O Presidente do partido RENAMO, Ossufo Momade, reafirma o compromisso de alcançar o desarmamento e reintegração dos seus homens armados, e atribui à “forças diabólicas” a crise que enfrenta.

“Nós estamos comprometidos com a Paz efectiva, reconciliação nacional verdadeira, por isso continuamos a cumprir no espírito e na letra o memorando de entendimento do dia 6 de Agosto de 2018, que tem como meta a desmobilização, o desarmamento e a reintegração das nossas forças”, assegura Momade.

Falando nesta segunda-feira, 25, em teleconferência, a partir da Serra da Gorongosa, Momade disse que os homens armados que contestam a sua liderança estão ao serviço de “forças diabólicas”.

“Contrariamente ao nosso esforço de manter a paz, harmonia social, há forças diabólicas que de forma inglória procuraram manchar a nossa popularidade, honra, o nosso bom nome e boa imagem pública”, disse.

Para Momade, “estas forças diabólicas instrumentalizaram companheiros das nossas fileiras para desempenharem um papel ridículo e mercenário”.

A crise no maior partido da oposição moçambicana não passou despercebida ao Chefe de Estado, que disse que mesmo estando de visita ao Egipto, falou com Ossumo Momade, que garantiu o seu compromisso com o processo de Paz.

Nyusi disse que acredita que “todas as organizações passam por problemas desta natureza e espero que consigam encontrar equilíbrio que beneficie a todos, incluindo a fortificação do partido Renamo”.

“O importante é saber gerir situações quando surgem, mas estamos a trabalhar nesse sentido de nós poderemos ir as eleições com o processo de desarmamento em curso, a reintegração vai levar mais tempo”, disse o presidente moçambicano.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »