Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Jovem cometeu suicídio após ser agredido pelo pai da namorada

Imagem ilustrativa (DR)

O jovem Jardel Manico, 20 anos, cometeu suicídio por enforcamento na madrugada de quarta-feira, no bairro da Boa Esperança Central, Distrito Urbano do Kicolo, município de Cacuaco, depois de agredido pelo pai da rapariga que engravidou e a quem, segundo dizem os familiares da menor, persuadiu a abortar.

Depois de os pais da menina descobrirem que a filha tinha feito o aborto dirigiram-se à casa dos familiares do rapaz, com o propósito de este lhes mostrar a pessoa que efectuara o aborto, pedido que Jardel Manico não atendeu, o que atiçou a ira do pai da rapariga.

Como consequência, o pai da rapariga agrediu o rapaz que, vexado, fugiu para casa de um amigo, onde acabou por cometer suicídio.

António Kossengue, pai de Jardel Manico, manifestou-se entristecido com o acontecimento, pois, na sua óptica, o pai da rapariga devia ter optado pelo diálogo, ao invés da violência.

A coordenadora do sector 6, do bairro da Boa Esperança Central, Fátima Seleno, disse ao Jornal de Angola que com o suicídio de Jardel Manico, aquela zona sob sua jurisdição já vai no quinto caso, porque ali registam-se muitos problemas de gravidez precoce.

Segundo o Jornal de Angola apurou, as duas famílias, a do rapaz que se suicidou e da rapariga possuem laços de parentesco, pois os dois eram primos por afinidade.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »