Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Zaire: Delegado do MININT quer asseguramento exemplar do Festikongo

ZAIRE: ZONA ADJACENTE AO KULUMBIMBI ESTÁ A SER REQUALIFICADA (ARQUIVO) (FOTO: PEDRO MONIZ VIDAL)

O delegado provincial do Zaire do Ministério do Interior (MININT), comissário Manuel Francisco Gonçalves, exortou neste sábado, em Mbanza Kongo, aos órgãos do sector a afinarem os mecanismos de asseguramento do Festival Internacional da Cultura, Artes e Turismo (Festikongo), a decorrer de 5 a 8 de Julho próximo, nesta cidade.

O também comandante provincial da Polícia Nacional, garante Angop, que não avançou o número de efectivos para este evento, fez esta exortação durante o político comemorativo dos 40 anos de existência do Minint, que sábado se assinalou.

Durante a cerimónia, em que participaram efectivos dos diversos órgãos, nomeadamente os Serviços de Investigação Criminal, de Migração e Estrangeiros, Penitenciários, Polícia da ordem pública, entre outros, o comissário avançou que nesta primeira edição do Festikongo participarão várias personalidades nacionais e estrangeiras.

O evento é sugerido pela UNESCO, aquando da inscrição do centro histórico de Mbanza Kongo na lista do Património Mundial, a 8 de Julho de 2017, e reunirá caravanas artísticas dos demais países que integravam o território do Reino do Kongo, a RDC, o Congo Brazzaville e o Gabão.

Mbanza Kongo foi o centro político-administrativo do antigo Reino do Kongo. Actualmente capital da província angolana do Zaire, conta com cinco bairros: Sagrada Esperança, Álvaro Buta, Martins Kidito, 4 de Fevereiro e 11 de Novembro, tendo uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes.

O português e o Kikongo (língua materna) são as línguas mais faladas na localidade, incluindo também o Lingala, originário da RDC, dada a proximidade com este país.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »