- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul Bachelet reúne-se com altos funcionários do governo de Maduro em meio a...

Bachelet reúne-se com altos funcionários do governo de Maduro em meio a protestos

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, reuniu-se na quinta-feira, 20, com altos funcionários do governo de Maduro, no seu segundo dia de visita à Venezuela, marcado por protestos para chamar a sua atenção sobre a grave crise.

Centenas de pessoas concentraram-se em diferentes pontos de Caracas para advertir a Bachelet sobre o colapso do sistema de saúde e a existência de “presos políticos”, entre múltiplas denúncias.

“Espero muito da visita dela, que (…) ajude as mães, esposas e filhos dos presos políticos”, disse à AFP Betzayda Natera, mãe de um militar detido por uma rebelião contra o presidente Nicolás Maduro em Janeiro passado.

Actualmente há 687 detidos por razões políticas, segundo a ONG Foro Penal, cujo director, Alfredo Romero, será recebido pela Alta Comissária junto com familiares de opositores presos e de falecidos em protestos.

De manhã, na Chancelaria, a comissária reuniu com o ministro da Defesa, general Vladimir Padrino, chave no apoio militar a Maduro, e com o presidente do Tribunal Supremo de Justiça, Maikel Moreno, de linha oficialista.

“Bachelet, escute o povo, não se feche com políticos que vão te dizer que está tudo bem!”, gritaram manifestantes em frente à sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, onde esteve a diplomata na manhã de quinta-feira.

- Publicidade -
- Publicidade -

“Não há garantia de que uma única vacina em desenvolvimento funcione”

O director-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) fez há instantes uma conferência de imprensa onde sublinhou a importância da instituição no combate a...
- Publicidade -

As chaves para um Sahel pacífico

O Dia Mundial da Paz deve ser um dia que inspira esperança aos sahelianos, e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) está...

Desvendada a causa da misteriosa morte de 300 elefantes no Botswana

Uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botswana em meados deste ano, anunciou hoje o Governo. Acausa da...

Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, pediu hoje a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), tecendo...

Notícias relacionadas

“Não há garantia de que uma única vacina em desenvolvimento funcione”

O director-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) fez há instantes uma conferência de imprensa onde sublinhou a importância da instituição no combate a...

As chaves para um Sahel pacífico

O Dia Mundial da Paz deve ser um dia que inspira esperança aos sahelianos, e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) está...

Desvendada a causa da misteriosa morte de 300 elefantes no Botswana

Uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botswana em meados deste ano, anunciou hoje o Governo. Acausa da...

Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, pediu hoje a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), tecendo...

Jovem malaia luta pelo direito de não usar véu islâmico

A decisão de deixar de usar o véu islâmico e denunciá-lo como uma obrigação patriarcal valeu a Maryam Lee muitas críticas e uma investigação...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.