Portal de Angola
Informação ao minuto

JURS defende políticas de financiamento bancário mais inclusivas

Militantes do PRS (DR)

A juventude do Partido de Renovação Social (JURS) defendeu terça-feira, na cidade do Huambo, a necessidade das autoridades tornarem as políticas de financiamento aos jovens empreendedores mais inclusivas, para o fomento de pequenos negócios e, por conseguinte, melhorar a qualidade de vida das famílias.

Segundo o secretário da JURS na província do Huambo, Silva Cassinda Joaquim, em conferência de imprensa, todos os jovens, independentemente da sua filiação político-partidária, merecem uma atenção especial do Governo.

Considerou, por isso, que a banca deve facilitar o acesso ao financiamento de projectos de empreenderismo juvenil nas comunidades, como forma de tirá-los do desemprego e das más práticas.

Silva Cassinda Joaquim pediu ao Governo da província do Huambo, em particular, maior abertura na elaboração dos projectos de financiamento bancário às pequenas acções empreendedoras, para que todos, sem excepção, contribuam para o desenvolvimento económico-social sustentável.

Aos jovens, incentivou-os a apostarem mais na formação académica e técnico-profissional, bem como em pequenos negócios, de modo a contribuírem nas políticas de diversificação da economia nacional e na redução do desemprego.

De acordo com dados divulgados recentemente, o Balcão Único do Empreendedor (BUE) na província do Huambo constituiu, nos primeiros cinco meses deste ano, 112 empresas ligadas ao serviço de salão de beleza, agricultura, cantinas, geladarias, alfaiatarias, restauração, entre outras, que aguardam por financiamento bancário.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »