Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Quem é Paulo Pombolo, o novo secretário-geral do MPLA?

Paulo Pombolo, novo secretário-geral do MPLA (DR)

Paulo Pombolo novo secretário-geral do MPLA, também foi governador do Uíge onde foi muito criticado pela população.

Paulo Pombolo nasceu na província do Uíge aos 12 de Abril de 1962. O político já exerceu vários cargos no partido e no governo.

Paulo Pombolo começou a notabilizar-se na política como 1º Secretário Nacional da MPLA, cargo que ocupou por vários anos. Analistas ouvidos pela DW África são unânimes em afirmar que enquanto responsável da JMPLA , a organização juvenil dos “camaradas” teve um bom desempenho. É o caso de Jorge Neto jornalista e director do semanário “Manchete”.

“Teve um desempenho notório, conseguiu juntar a juventude do seu país ao nível nacional”.

Cláudio Fortuna investigador da Universidade Católica de Angola, concorda:

“Fez uma carreira notável na JMPLA, esteve de acordo com as orientações do partido e acaba por fazer da JMPLA um ninho de preservação. Deu voz de peso a JMPLA e assim foi premiado a governador do Uíge”.

Governador do Uíge

Mas, enquanto governador do Uíge, cargo que ocupou entre 2009 a 2017, não teve o mesmo desempenho, diz Cláudio Fortuna que aponta o contexto da época como a razão.

“A sua governação foi desastrosa. Não houve avanços no Uíge e a província até retrocedeu. Mas também podemos adivinhar que resultou do facto de estar amarrado (à antiga governação)”.

Para Jorge Neto a governação de Pombolo no Uíge também não foi boa.

“Saiu um pouco mais maculado na província do Uíge do que como 1º Secretário da JMPLA”.

Desvios

Aliás, o ex-governante foi acusado pelos cidadãos locais de desviar autocarros para sua fazenda, lembra o analista político Augusto Báfua Báfua que quer saber em que pé está a acusação.

“Desvio de autocarros e levar para a sua fazenda, desta fama também Paulo Pombolo não se livra. Não sei até que ponto isso evoluiu, se eventualmente foi levada a Procuradoria-geral da República ou a uma instância judicial”.

Depois de ter ocupado a pasta de 1º Secretário da província do Uíge e a de Secretário para Informação do MPLA, o ex-governante tem novos desafios políticos. Paulo Pombolo foi eleito no último fim-de-semana, para o cargo de Secretário-geral do MPLA no VII Congresso Extraordinário onde substituiu Álvaro de Boavida Neto.

Lealdade a José Eduardo dos Santos

Em Dezembro de 2018, o semanário angolano “Expansão” publicou uma entrevista em que Boavida declara a sua lealdade ao ex-Presidente José Eduardo dos Santos. Talvez seja isso que terá ditado a substituição do político, sublinha Cláudio Fortuna.

“É um posto que lhe caiu de para-queda porque ele não estava preparado. Teve a sorte de o anterior secretário-geral do MPLA, teve um posicionamento que está a margem dos ditames do partido que é um partido ortodoxo, conservador e não está preparado para criticas dos seus próprios militantes”.

Questionado sobre se Paulo Pombolo estava a altura dos seus novos desafios, Augusto Báfua Báfua, prefere esperar e ver para crer.

“É difícil, a partida, aferir se alguém está a altura dos desafios. Que conhece muito bem o partido, conhece”, concluiu.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »