Radio Calema
InicioMundo LusófonoBrasilAção contra PMs que teriam escondido corpo de Amarildo é arquivada

Ação contra PMs que teriam escondido corpo de Amarildo é arquivada

Nesta quinta-feira (13), o Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) decidiu arquivar as investigações comandadas pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público (Gaeco/MPRJ) contra 13 policiais militares do Bope, suspeitos de ocultarem o corpo do ajudante de pedreiro Amarildo Dias de Souza, em julho de 2013, na Rocinha.

Segundo informações do jornal ‘Extra’, no primeiro processo a Justiça concluiu que Amarildo foi torturado e morto por PMs, sendo que 12 deles foram condenados. No segundo processo, o caso foi arquivado porque, de acordo com a promotora do MP Carmem Eliza Bastos de Carvalho, a investigação contra eles não avançou.

O documento em que o Ministério Público pede o arquivamento do caso relata, por exemplo, que foi “verificada presença de sangue na caçamba”, onde supostamente o corpo de Amarildo teria sido deixado, mas exames de DNA foram feitos com parentes do pedreiro, entretanto, o tipo sanguíneo não foi “compatível”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.