- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Timor Leste PM timorense vai ao parlamento para debater contas regionais e caso na...

PM timorense vai ao parlamento para debater contas regionais e caso na justiça australiana

O primeiro-ministro timorense participa a 1 de julho no Parlamento Nacional num debate sobre duas polémicas que marcaram os recentes debates políticos: as contas da região de Oecusse e um caso que envolve o Estado na justiça australiana.

O chefe do Governo, Taur Matan Ruak, confirmou a disponibilidade para participar no debate, previsto para 1 de julho, numa carta enviada ao presidente do Parlamento Nacional, Arão Noé Amaral, e a vários membros do Governo

Segundo a RTP que cita a Lusa, o debate foi solicitado no final de maio pela bancada da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin), maior partido com assento parlamentar e atualmente na oposição.

Em causa estão duas questões que têm sido separadamente levantadas pelas bancadas do Governo e pela oposição e que têm sido alvo de grandes debates parlamentares.

De um lado as bancadas do Governo querem esclarecimentos sobre o processo de prestação de contas da Região Administrativa Especial de Oecusse-Ambeno (RAEOA), especialmente o facto da gestão do enclave não estar ainda integrada no sistema “Free Balance”, usado pelo Governo.

A questão das contas da região tem sido usada pelos partidos do Governo para atacar a gestão da região que é atualmente presidida por Mari Alkatiri, secretário-geral da Fretilin.

Este debate surge numa altura em que está a terminar o mandado de Mari Alkatiri à frente da RAEOA e não há ainda indicações claras sobre se será ou não reconduzido no cargo.

O Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT), maior partido da coligação do Governo, tem defendido na sua página no Facebook, que Alkatiri não deve ser reconduzido.

Do outro está a questão de uma queixa de uma empresa australiana contra o Executivo timorense no âmbito de um acordo para fornecimento de combustível e geradores, que está a ser ouvida no Tribunal Supremo do estado australiano de Victoria.

Este mês o Governo recorreu da decisão do Tribunal, que alegou competência para julgar o caso, considerando que o caso deveria ser ouvido em tribunais timorenses.

A Lighthouse quer que o Governo timorense pague danos de 328 milhões de dólares (292 milhões de euros), mais juros e custos, por considerar que Timor-Leste violou os contratos.

Em causa estão três documentos assinados entre outubro e novembro de 2010 para o fornecimento de combustível e geradores para Timor-Leste, assinados pelo então primeiro-ministro Xanana Gusmão e pelos empresários Carlos Oliveira, da Zebra Fuels (Timor-Leste), e Albert Jacobs, da Lighthouse (Austrália).

Xanana Gusmão é atualmente o líder do CNRT, maior partido do Governo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal “entalado” entre dívida e União Europeia

João Duque refere que ajudas às empresas têm de ser “estritamente para acudir à Covid”, enquanto a CIP defende que “não é com moratórias...
- Publicidade -

Mais de 150.000 casos de COVID-19 no Peru, com recorde de 7.386 contágios em 24 horas

O Peru, o segundo país da América Latina com os mais infectados pelo COVID-19, ultrapassou 150.000 casos confirmados neste sábado, após um número recorde...

Protestos pela morte de George Floyd continuam com pilhagens e violência contra polícias

O recolher obrigatório foi decretado em dezenas de cidades no país. Os protestos pela morte de George Floyd continuam pela quinta noite consecutiva, em vários...

Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente ausculta actores do Ambiente

A Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, Adjany Costa, auscultou essa semana (Dia 28 de Maio), em Luanda, organizações não governamentais e projectos Ambientais,...

Notícias relacionadas

Portugal “entalado” entre dívida e União Europeia

João Duque refere que ajudas às empresas têm de ser “estritamente para acudir à Covid”, enquanto a CIP defende que “não é com moratórias...

Mais de 150.000 casos de COVID-19 no Peru, com recorde de 7.386 contágios em 24 horas

O Peru, o segundo país da América Latina com os mais infectados pelo COVID-19, ultrapassou 150.000 casos confirmados neste sábado, após um número recorde...

Protestos pela morte de George Floyd continuam com pilhagens e violência contra polícias

O recolher obrigatório foi decretado em dezenas de cidades no país. Os protestos pela morte de George Floyd continuam pela quinta noite consecutiva, em vários...

Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente ausculta actores do Ambiente

A Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, Adjany Costa, auscultou essa semana (Dia 28 de Maio), em Luanda, organizações não governamentais e projectos Ambientais,...

Mundial, online e gratuita: Women in Tech lança Chapter de Angola durante conferência de 24 horas

A Women in Tech - o Movimento Global organizou a primeira conferência virtual de 24 horas do mundo para mulheres em tecnologia, em 28...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.