Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Marcelo reúne-se hoje com o Presidente costa-marfinense em Abidjan

(PAULO NOVAIS/LUSA)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai reunir-se hoje com o seu homólogo costa-marfinense, Alassane Ouattara, em Abidjan, onde se encontra para uma visita de Estado que decorrerá até sexta-feira.

Segundo a Lusa, os dois chefes de Estado terão um encontro no Palácio Presidencial, em Abidjan, a capital económica da Costa do Marfim, antecedido por uma cerimónia de boas-vindas com honras militares e pela assinatura de acordos bilaterais, com uma conferência de imprensa no final.

Depois, o programa de Marcelo Rebelo de Sousa inclui um almoço com empresários portugueses, o encerramento de um fórum económico, uma visita a um hospital de cuidados materno-infantis e um jantar oficial oferecido pelo seu homólogo.

O Presidente da República, que chegou a Abidjan já depois da meia-noite de hoje, vindo de Cabo Verde, visita a Costa do Marfim num momento de reforço das relações político-diplomáticas e económicas bilaterais.

A Costa do Marfim abriu uma embaixada em Lisboa em julho de 2016 e o Presidente costa-marfinense esteve em Portugal, numa visita inédita, em setembro de 2017, ano em que a TAP retomou os voos entre os dois países.

O número de empresas portuguesas exportadoras para a Costa do Marfim tem vindo a crescer anualmente, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), tendo passado de menos de cem, em 2011, para 215, em 2017, e a balança comercial é positiva para Portugal.

Quando recebeu Ouattara em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que as relações bilaterais têm vindo a fortalecer-se “a um ritmo que ultrapassou as expectativas”, com “um salto ainda mais espetacular” no plano económico.

Na sexta-feira, o chefe de Estado irá receber o Diploma de Cidadão Honorário e a Chave da Cidade de Abidjan, o que implica uma “cerimónia de elevação a chefe tradicional”, e um doutoramento honoris causa na Universidade Félix Houphouët-Boigny.

Antes de regressar a Lisboa, o Presidente da República visitará ainda o Centro de Tratamento de Resíduos de Abidjan, operado pela Mota-Engil, e terá encontros com representantes da comunidade portuguesa na Costa do Marfim, estimada em cerca de 200 pessoas, e com alunos de língua portuguesa.

Após a instauração da democracia em Portugal, foram estabelecidas relações diplomáticas entre os dois países, em 28 de janeiro de 1975.

Marcelo Rebelo de Sousa é o segundo Presidente português a visitar esta antiga colónia francesa que se tornou independente em 1960, depois de Mário Soares, que esteve na Costa do Marfim em novembro de 1989.

Esta é a sua 15.ª visita de Estado desde que tomou posse como Presidente da República, em março de 2016.

Integram a sua comitiva o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, o líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, os deputados Jorge Paulo Oliveira, do PSD, João Marques, do PS, e Diana Ferreira, do PCP, e o presidente da Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Castro Henriques.

O secretário de Estado da Internacionalização, que no mês passado esteve com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, na Costa do Marfim, afirmou que este é um dos países africanos que podem ter “um papel muito importante” na internacionalização da economia portuguesa.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »