Portal de Angola
Informação ao minuto

Jovens aspiram ao prémio de melhor jovem cozinheiro do ano

(Foto enviada pela fonte)

Aconteceu, ontem, terça-feira, 11, na Escola de Hotelaria e Restauração – EHR, a segunda etapa do Concurso Chef MEGA, Jovem Cozinheiro do Ano, onde competiram mais dez estudantes candidatos ao prémio de melhor jovem cozinheiro do ano 2019.

O tema desta segunda etapa foi a confecção de pratos de peixe, que passaram pelo crivo de renomados chefes de cozinha e de figuras conhecidas do público angolano.

Belsoi Faleiro e Seka Pemble, em concurso com os pratos “Arroz de Coco com Bacalhau Recheado” e “Punheta de Garopa”, respectivamente, venceram com as classificações de 68,3 e 59,8 pontos.
Estão ambos apurados para concorrerem na final do concurso, a ter lugar em Novembro, juntando-se aos dois vencedores da primeira etapa realizada em Maio.

Este concurso que conta com a participação de mais de 50 jovens que aspiram a uma carreira promissora no sector do turismo e restauração., está dividido em quatro etapas. A primeira foi de pratos de entradas, a segunda de confecção de peixes, a terceira será de confecção de carnes e a quarta etapa, que antecederá a grande final, será de confecção de sobremesas.

O Concurso Chef Mega – Jovem Cozinheiro do Ano é uma iniciativa resultante da parceria entre a Escola de Hotelaria e Restauração (EHR), a única instituição pública que forma profissionais do sector, reconhecida internacionalmente, e um dos maiores operadores de distribuição alimentar, o Mega Cash & Carry.

“A iniciativa do MEGA é brilhante, principalmente por que visa ajudar estes jovens a terem oportunidades de um emprego no futuro e formação qualificada na área. Nesta etapa, foi possível ver muitos estudantes com bastante talento, que certamente serão importantes profissionais e vão agregar valor ao sector.” Rui Silva, CEO do Club S.

As provas são realizadas na Cozinha-Laboratório da Escola de Hotelaria e Restauração e serão avaliadas por duas equipas de júri, sendo um júri técnico composto por docentes da EHR e um júri global, que conta com a participação permanente de jornalistas convidados e representantes de unidades de referência do sector da hotelaria e restauração: Epic Sana; Espaço Luanda; Bessangana e Club S.

Estes são responsáveis pela avaliação das métricas definidas durante a prova e pela pontuação. Sublinha-se que as classificações serão comunicadas no próprio dia, bem como a entrega dos prémios aos vencedores de cada etapa.

Nas provas intercalares, para os apurados à fase final, os prémios serão de um vale de compras Mega no valor de 20.000 kwanzas, um Brinde Mega e o Diploma. Os classificados entre o terceiro e oitavo lugar também receberão vales de compras Mega no valor de 7.500 kwanzas e o diploma.

Para os primeiros classificados da prova final, além de vales de compras Mega, está reservado um estágio remunerado seguido de eventual contrato num dos parceiros Mega de referência no sector da hotelaria e restauração.

O grande vencedor eleito Jovem Cozinheiro do Ano terá adicionalmente um Contrato com o Mega Cash & Carry para a criação de receitas, teste e demonstração de produtos da marca propria Chef Mega, concebida para responder ás necessidades e exigências dos profissionais da hotelaria e restauração.

(Nota enviada ao Portal de Angola com pedido de publicação)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »