Portal de Angola
Informação ao minuto

Fórum recomenda criação de cadeia de valor da banana

O Primeiro Fórum provincial de Desenvolvimento Económico do Bengo recomendou a criação da cadeia de valor da banana, um produto que tem também um seguimento agro-industrial (DR)

O Primeiro Fórum provincial de Desenvolvimento Económico do Bengo recomendou, terça-feira, a criação da cadeia de valor da banana, um produto que tem, não só, um seguimento agro-industrial, mas que constrói emprego, gera receitas, e pode ser o garante do desenvolvimento na região.

Esta recomendação, diz Angop, vem expressa no comunicado final do evento, que decorreu nessa terça-feira (11 de Junho) na cidade de Caxito, província do Bengo, em que os participantes concluíram ser necessário um melhor aproveitamento da banana, pois dela se pode obter outros derivados.

A província do Bengo é a maior produtora de banana no país, com uma produção média anual de 236 mil e 707 toneladas.

Para além da banana produzida nos seis municípios que compõem a província, a região tem o perímetro irrigado de Caxito, com 4.626 hectares, dos quais 1.100 destinados a produção de banana.

O perímetro exportou, em 2018, seis toneladas de banana, e projecta até 2022 produzir cerca de 563 mil e 279 toneladas.

No domínio da energia, foi recomendado que o governo da província deve junto do Ministério de Energia e Águas solicitar o aumento do consumo da potencia de energia eléctrica actualmente consumida na província (5 mw) e produzida na barragem das Mabubas, para que, para além do Dande e Panguila, os demais municípios possam também se beneficiar .

A barragem hidroeléctrica das Mabubas tem uma capacidade instalada de 25,6 mw, destes, apenas 5 mw é consumida na província.

O fórum recomendou a criação de condições para o melhoramento das vias secundárias e terciárias a nível da província, a fim de facilitar o escoamento dos produtos agrícolas, bem como criar incentivos para que os jovens desenvolvam competências para a criação do seu próprio negócio.

Os participantes sugeriram a capitalização de todos os recursos que aumentem as potencialidades na área do turismo e a criação de roteiros turísticos para facilitar os turistas na localização dos locais de interesse com facilidade.

O 1º Fórum provincial de Desenvolvimento Económico do Bengo decorreu sob o lema “Diversificação da economia, fonte de desenvolvimento local” e abordou, entre outros temas, a banca e o programa de financiamento aos projectos locais, o incentivo ao investimento privado e o turismo como fonte de diversificação da economia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »